Agar.

Traçamos aqui, definimos ali. Fazemos planos. Tudo anda bem até que, de repente, vai por água abaixo e nada do que planejamos dá certo. Neste momento, na hora “H”, como reagir?! A quem recorrer?!

Sara, Agar e Abraão

Planejar faz parte do viver humano. Até mesmo Abraão e Sara fizeram planos. Seu desejo era ter descendência, no entanto, Sara era estéril e por isso não conseguia gerar filhos (Gn 16:2a).

Diante desta circunstância, o plano do casal foi frustrado. Sara entristeceu-se muito, pois naquela época, a esterilidade era vergonha para a mulher. Então, para mascarar a frustração de ambos, Sara incentivou Abraão a se deitar com Agar, sua serva egípcia (Gn 16:2b). Abraão, por sua vez, ouviu o conselho (Gn 16:2c), e assim Ismael foi gerado.

“Era Abraão de oitenta e seis anos, quando Agar lhe deu à luz a Ismael.” Gn 16:16

No capítulo 15 de Gênesis, o Senhor fez uma aliança com Abraão e disse que sua posteridade seria como as estrelas do céu: uma numerosa descendência.

Na hora “H” Sara indicou Agar para dar continuidade à descendência de Abraão porque ela creu apenas no que viu. Certamente, Agar era saudável e capaz de gerar filhos, por esta razão, Sara não pensou duas vezes ao entregá-la a seu marido como solução do problema. Este fato fez com que Abraão perdesse a presença do Senhor por treze longos anos (Gn 16:16,17:1).

Você soluciona seus problemas com “Agar”?

Muitas vezes, quando nossos planos iniciais não dão certo, rapidamente tentamos solucioná-los com “Agar” em nossas vidas. Esquecendo do Senhor e sem O consultar, confiamos em nossos instintos. Foi exatamente desta maneira que Sara agiu: tentou livrar-se do problema usando soluções próprias. Contudo, por ser auxiliadora idônea de Abraão, sua atitude deveria ser a de incentivá-lo a orar e buscar a resposta no Senhor diante de tal circunstância. Sua precipitação gerou Ismael na vida de Abraão.

Jovem, muitas vezes nossas precipitações na hora “H” geram problemas para nós, para nossa descendência e para todas as pessoas que estão ao nosso redor. Isso é algo muito sério. Não podemos ser egoístas pensando apenas na solução dos nossos problemas e esquecendo-nos de todos aqueles que nos amam, inclusive nosso Senhor Jesus. Deus já havia prometido numerosa descendência a Abraão e Sara, mas talvez pela cobrança da época, Sara tomou esta decisão radical.

Quando o Senhor apareceu novamente a Abraão (Gn 17:1), o fez lembrar de Sua promessa, provando que não havia esquecido. Um ano depois, nasceu Isaque: o filho da promessa (Gl 4:28).

Você não precisa de “Agar” porque Deus é fiel: se Ele prometeu, Ele cumpre!

Quando nos voltamos ao Senhor, Ele revela Seu plano para nós. Por isso, jamais esqueça que para Deus não haverá impossíveis em todas as Suas promessas (Lc 1:37). Quem prometeu é Fiel e cumprirá! Mesmo que nossos planos sejam frustrados, creia que nosso Deus é o Autor das nossas vidas e sabe do que precisamos! Ele tem o melhor para nós.

“O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa vem do Senhor.” Pv 16:1

Por isso, na hora “H”, não permita nenhuma “Agar”.  Não permita ser guiado pelo seu coração, pois é enganoso (Jr 17:9) ou pelos seus olhos terrenais, que são limitados. Quando nada der certo, renda-se na presença do Pai. Clame pela vontade e sabedoria Dele!

O fim de nossos planos é o início dos planos de Deus!

Deixe seu comentário