Um ano novo se iniciou e pergunto: como foi sua vida com Deus em 2021? Foi exatamente como você planejou? Ou você experimentou momentos indesejados? Em quaisquer situações não é tarde para falarmos sobre um recomeço, não importa a época do ano.

É comum quando nos aproximamos da virada do ano pensarmos e definirmos novas metas, atitudes, coisas que desejamos mudar, atividades que queremos fazer. Depositamos uma grande expectativa no ano novo, como se houvesse um poder especial nisso, algo misterioso no universo que impulsionasse ou servisse como base para começarmos coisas novas e/ou recomeçarmos. No entanto, não há algo especial entre os minutos finais de um ano e os iniciais do outro, ou mesmo durante este primeiro mês que já está terminando.

Todos os dias podemos recomeçar. Todos os dias Deus nos dá a oportunidade de reescrever a nossa história, de vivermos algo diferente e mudarmos de condição, pois a cada manhã as Suas misericórdias se renovam (Lm 3:23).

Deus prometeu o Renovo

Deus não se prende ao que é velho ou ao passado, mas quando há necessidade de fazer algo novo, Ele o faz. O Antigo Testamento apresenta o chamamento de Abraão e a promessa de que dele sairia uma grande nação, Israel, que representaria o Senhor na terra (Gn 12:1-2). No entanto, essa nação cometeu pecados terríveis, levando o Senhor a se enfurecer e falar coisas duras (2 Rs 17:7-19). Conhecendo a condição do Seu povo chamado, Deus prometeu que faria algo novo, Ele prometeu o Renovo, se referindo ao Senhor Jesus, para restaurar e transformar tudo (Jr 33:15; Is 60:21).

A sequência de atos dos reis de Israel e de Judá e suas deliberadas atitudes de desobediência à palavra de Deus foram responsáveis por conduzir o povo para longe dos caminhos do Senhor, por isso o Renovo precisaria surgir da linhagem real, para que, como novo Rei, desfazer a inimizade, expiar a culpa, estabelecer a cultura do Reino e plantar a semente divina dentro do homem (Is 11:1).

Em Jesus podemos viver algo novo

Eu não sei qual é a sua condição, amado leitor, mas talvez você também tenha praticado coisas que desagradam ao Senhor em 2021 e precise desse Renovo. Em Jesus podemos viver algo novo. Apesar dos israelitas O terem rejeitado, nós podemos Nele crer e ser plenamente renovados como filhos de Deus (Jo 1:11-13). A partir do momento em que cremos no Senhor e O confessamos, somos nova criação, as coisas velhas já passaram e coisas novas já surgiram (2 Co 5:17).

Se você ainda não está convencido de que em Jesus podemos viver tudo novo, observe o que está escrito em Tito 3:5 (NVI): “não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito Santo”. Deus conhecia e conhece nossa condição, por isso Ele sabia que precisávamos ser lavados, gerados novamente, mas de uma nova fonte, ou seja, de Si mesmo e renovados pelo Espírito Santo.

Agora que tudo isso foi exposto, você precisa crer no que o Renovo fez. Sei que não é fácil. Temos o costume de enaltecer as coisas negativas e acreditamos que Deus se comporta como a qualquer um de nós: que Ele guarda rancor ou que não nos perdoa verdadeiramente. Mas a palavra nos diz que o sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado e que Ele não se lembrará deles (1 Jo 1:7, Hb 10:17). Portanto você precisa esquecer do que passou, como o apóstolo Paulo experienciou: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão (Fp 3:13).

Novas atitudes

Para vivermos algo novo devemos nos esforçar, apesar de toda dificuldade à nossa frente. Por vezes ficamos frustrados por não encontrarmos forças para enfrentar situações adversas e tentações, que nos paralisam e nos afastam do Senhor. Então, depositamos nossa esperança nessa transição do ano velho para o ano novo. Mas essa estratégia não será suficiente para nos levar à vitória. Nós precisamos mudar de atitude e independentemente do que passou, avançar.

Diz um ditado que me ajuda muito: não adianta fazer a mesma coisa e esperar um resultado diferente. Não adianta subir a mesma montanha todos os dias e esperar ver uma paisagem diferente. Se desejamos viver algo novo, uma vida de vitória, precisamos de atitudes diferentes.

Talvez, você esteja se perguntando: como eu devo me esforçar para ter um resultado diferente?

Vou apresentar algumas ações que vão ajudar você a viver em novidade de vida, partindo do princípio de que você, querido leitor, já creu no Senhor Jesus em seu coração e O confessou com sua boca:

1. Ler a Bíblia

A palavra de Deus é o nosso alimento. Em Jeremias 15:16 (KJA) lemos: “Quando a tua Palavra foi encontrada, eu comi cada frase e as digeri em meu íntimo; elas me nutrem dia após dia, são minha satisfação e júbilo maior; porquanto teu Nome foi invocado sobre mim, isto é, pertenço a ti!”. Nesse versículo observamos a atitude intensa do profeta para com a palavra: ele comia cada frase, ou seja, considerava minuciosamente cada trecho, ponderava sobre ela em seu íntimo. Isso o sustentava diariamente e era sua fonte de alegria.

Quando o diabo tentou Jesus no deserto, dizendo: “Se és o Filho de Deus, manda que estas pedras se transformem em pães”, o Senhor o respondeu: “Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’” ‭‭(Mt‬ ‭4:3-4‬‬‬). Nessa porção vemos o Senhor reafirmando que a palavra que procede da boca de Deus sustenta o homem. Por isso, nossa relação com a palavra precisa ser intensa e constante.

2. Orar

A oração é um ato de intimidade com Deus. Deus é real. Quando oramos estamos conversando com Ele, por isso esse item é importantíssimo. Por meio da oração podemos falar para Ele tudo o que estamos passando. Na verdade, devemos falar tudo para Ele: nossas dores, dificuldades, tentações, alegrias, agradecer pelas bênçãos e vitórias. Observe o exemplo desse personagem bíblico que está em 1 Crônicas 4:10: “Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Oh! Tomara que me abençoes e me alargues as fronteiras, que seja comigo a tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido”. Jabez orou e Deus o respondeu!

3. Viver em comunhão

Nos momentos difíceis quando pecamos ou nos decepcionamos com os irmãos, tendemos a pensar em nos afastar da comunhão. A pandemia da Covid-19 também alavancou esse comportamento em muitos. Afastar-se da comunhão com os irmãos é um erro gravíssimo. O Senhor nos criou para vivermos em união (Gn 2:18) e o inimigo fará de tudo para nos afastar dela, pois ovelha que vive isolada é petisco fácil para ele.

Se você foi ferido em seu relacionamento com algum irmão, ore e peça ao Senhor para ajudar você. Não deixe que isso o afaste do Corpo de Cristo. Libere perdão, deixe todo o ressentimento e recomece.

4. Fugir das paixões da juventude

A Bíblia nos diz em 2 Timóteo 2:22: “Foge igualmente das paixões malignas da juventude e segue a justiça, a fé, o amor e a paz em comunhão com os que invocam o Senhor de coração puro”. Não se engane, diante da tentação fuja, não “pague para ver”, pois a própria palavra nos recomenda fugir.

Acho que você já ouviu ou leu sobre isso e talvez esteja pensando que são “dicas” repetidas, mas você as tem praticado? Cada um desses itens deve ser praticado diariamente, em todos os momentos, da mesma forma que nos alimentamos e cuidamos da higiene pessoal.

É possível, sim, recomeçar. É possível, sim, vencer. Não é fácil, claro. No mundo sofremos muitas aflições, mas não devemos desanimar, porque maior é Aquele que está em nós e Ele já venceu o mundo (Jo 16:33). Ou seja, não estamos sozinhos e Deus não é apenas um espectador de nossas vidas, assistindo nossas lutas de braços cruzados. Ele está trabalhando, mesmo que não percebamos. Continue confiando no Senhor e pratique essa palavra!

Deixe seu comentário