Parte 1

Me perdi.

Cheguei onde estou sem saber qual caminho tomei. Será que foi Deus quem me conduziu até este lugar?

São tantas vozes que já não sei mais quem está aqui dentro.

Tantas coisas acontecendo, e outras muitas perdendo o sabor.

Às vezes me pergunto se estou mesmo vivendo tudo isso, ou se é fruto da minha imaginação.

Tudo está escuro.

Onde foi que eu errei? Por que Deus me deixou aqui?

Tento correr para várias direções, ouço tantas frases, vejo tantas imagens. Corro para descobrir o caminho. Me sinto exausta, minha mente não para e meu corpo já não aguenta mais…

Vejo um feixe de luz, sigo em direção à ele. Uma luz tão linda! Não ouço mais nada além do vento tocando meu rosto, sinto a alegria que aquela luz deixou em mim ao passar.

Já não sei mais de onde veio a luz.

Me sentia tão madura até me sentir presa nessa escuridão. Percebo que ainda há muito o que aprender. Lá no fundo sei que a luz foi Deus me mostrando que estava comigo, tentando me mostrar a direção. Mas não tenho forças suficientes para continuar.

Continuo perdida, volto a me esforçar para achar o caminho. Muitos pensamentos me atrapalham. Meu corpo pede para eu parar, apesar de não querer, sou obrigada.

Não quero mais ouvir tudo o que se passa aqui dentro. Me concentro em ouvir o silêncio. Nunca foi tão prazeroso ouvi-lo.

Noto minha respiração ofegante, não deveria ser assim.

[Inspira… Expira… Inspira…]

Vejo outra luz, mas ela não me parece forte o suficiente para seguí-la. Prossigo…

[…Inspira…]

Tento caminhar, mas minhas pernas ainda doem…

Não quero mais me esforçar, mas preciso ver a luz, preciso ver algo além dessa escuridão.

Senhor, eu preciso de Ti. Não consigo mais prosseguir. Me mostra o caminho, me dê forças, se for preciso, me carregue. Estava cercada de tanta gente, tantas opções, tantos erros. Uma infinidade de futuros, de incertezas. Mas Deus! Como vim parar aqui? Neste vazio, nesta escuridão? Qual é a sua voz? Dentre todas que ouço… quero seguir somente a Tua. Não me deixe aqui! Senhor! Eu preciso de Ti! Eu preciso de Ti…

Sinto meu corpo tremer e minhas lágrimas contornando meu rosto. Nada mais importa.

Adormeço.

Acordo no mesmo lugar onde parei, mas tudo está diferente, não tenho mais medo. Ouço o prazeroso silêncio.

Vejo a luz, mas, agora, ela começa a iluminar tudo. Passo a reconhecer o caminho.

Não sei fazer mais nada além de sorrir. Ele está aqui! Ele está comigo!

Parte 2

“Pois em ti está o manancial da vida, na tua luz, vemos a luz.” (Salmos 36:9)

Querido leitor, todos nós passamos por momentos em nossas vidas em que as obrigações cotidianas, como estudos, trabalho, relacionamentos (pais, amigos, cônjuge), bem como, as projeções para o futuro nos fazem sentir como se estivéssemos nos afogando em meio a um mar de emoções. A depressão que sentimos ao olhar as coisas que passaram e a ansiedade pelas que estão por vir. E quando percebemos, estamos frios espiritualmente, afastados da comunhão com Deus. Porém o Senhor, que não desiste de nós, faz que notemos Sua presença, mesmo nos pequenos detalhes. Sabe aquele dia em que tudo parece estar dando errado e inesperadamente  aquilo que era apenas uma paisagem consegue te arrancar um sorriso? São com esses sinais simples que o Senhor trabalha em nós pra nos lembrar que a luz Dele ainda brilha em nosso interior. Ele está com você!

Não importa o quão fraco esteja, clame agora mesmo para que o Senhor te alivie (Mateus 11:28), chore, grite, se for preciso. O Senhor não rejeitará um coração contrito (Salmos 51:17). Busque conduzir sua vida sempre na presença Dele, na luz da vida (Salmos 56:13).

Na Luz Dele, você sempre verá a luz!

Deixe seu comentário