É possível pecar menos? Será possível que uma pessoa normal consiga diminuir o envolvimento com o pecado? Que fórmula milagrosa, estratégia ou método será este? Em uma pesquisa realizada em 2017, em um grupo de dois mil adolescentes cristãos, constatou-se que parte deles estavam envolvidos com um determinado pecado. Nesse universo, percebeu-se que ao mesmo tempo que a presença de certo hábito aumentou, o índice de práticas pecaminosas diminuiu.

Que hábito será este? Será difícil de praticar? Será demorado? Não, nada disso. Trata-se de algo simples e rápido. No entanto, antes de revelar esse costume eficaz contra o mal, seguem três dicas sobre como o inserir na sua vida para que se torne rotina e você viva seus benefícios.

Dica 1: use um tempo pequeno no início. Este hábito saudável contra o pecado precisa que você tenha a moderação e o equilíbrio que se exigem de quem deseja iniciar algo novo. Portanto, a sugestão é: em vez de querer praticá-lo por uma hora por dia, faça-o durante dez minutos. Você pode usar o timer do seu celular para marcar este tempo. Quando esta duração se tornar fácil de cumprir, basta aumentar o tempo e tornar tudo mais desafiador novamente.

Dica 2: escolha um lugar. Já percebeu que todo hábito duradouro que você possui está ligado a um ambiente específico? Você joga futebol na quadra, você estuda na biblioteca, assiste aulas na sala da escola e come na cozinha. Escolha um lugar onde você irá implementar a prática poderosa contra o pecado que vou te contar ao final do texto e todos os dias vá para lá quando o tempo reservado para tanto chegar.

Dica 3: junte este hábito a outro da sua rotina. É muito mais fácil tornar um novo comportamento algo diário, quando você o coloca imediatamente antes ou depois de algo que você faz todos os dias. A atitude diária contra o pecado que será revelada em breve pode ocorrer instantes antes de ir para a escola, logo depois de almoçar ou assim que você sentar na sua cama para dormir.

E agora é chegada a hora de descortinar a estrela dessa grande transformação. O que é responsável por diminuir o envolvimento com o pecado? Aí vai… ler a Bíblia. “O Quê? Só isso? Eu esperava algo diferente”, talvez você esteja pensando assim. No entanto, seja sincero comigo, se eu tivesse lhe contado algo mais complicado que isso, você não consideraria praticar, especialmente depois de lembrar a enorme diminuição do envolvimento com o pecado que isso gera?

Sendo assim, que tal aplicar as dicas e trazer a Bíblia para sua vida? E por que funciona? Porque a palavra é espírito e vida (João 6:63); é sabedoria para diferenciar pensamentos e propósitos do coração (Hebreus 4:12); e seu poder sustenta todas as coisas do universo (Hebreus 1:3). Se essa palavra faz tudo isso, então certamente pode lhe conceder uma vida santa, com menos pecado e, até mesmo, totalmente livre! Leia a Bíblia hoje!

Uma versão deste texto foi publicada no Jornal Árvore da Vida (JAV), um periódico cristão mensal com diversas colunas. Clique aqui caso queira saber mais sobre o JAV ou clique aqui para fazer sua assinatura desta maravilhosa ferramenta.

Deixe seu comentário