Houve um momento da minha vida que vi muitos dos meus planos, desejos e ideais caminhando para o caos. Ainda assim, apliquei todos os meus esforços na tentativa de conduzir essas coisas da maneira que eu achava adequada, entretanto eram esforços vãos que só me deixaram aflita e exausta.

Mas, então, o Senhor falou-me ao coração que a partir do momento que recebi a salvação, e o meu coração se abriu para o amor Dele, eu deixara de ser uma ovelha sem pastor, logo eu não precisava mais viver assim (Mt 9:36). E, a partir de então, Ele passou a me ensinar sobre a soberania Dele.

Deus é soberano. E isso quer dizer que Ele exerce o poder, a autoridade e está acima de qualquer coisa.

“Imediatamente, eu me achei em espírito, e eis armado no céu um trono, e, no trono, alguém sentado;” Ap 4:2

“Desde a antiguidade, está firme o teu trono; tu és desde a eternidade.” Sl 93:2

O que nós precisamos entender, para não mais andar aflitos e exaustos, é que há um trono, Jesus Cristo está sentado nesse trono, ele sabe de tudo, ele vê tudo e tem tudo sob controle (Pv 15:3). A partir do momento em que o Senhor semeou essas palavras no meu coração, eu tive paz. Mesmo que, a minha situação fosse negativa, houvesse tribulações e eu não tivesse o controle, Deus tinha tudo sob controle.

Às vezes, em minha pouca fé e engano, posso pensar que as coisas fugiram do controle, como quando o homem caiu no Éden. Mas Deus é soberano e “antes de dizer ‘haja luz’  já havia dito haja cruz”:

“Pois vocês sabem o preço que foi pago para livrá-los da vida inútil que herdaram dos seus antepassados. Esse preço não foi uma coisa que perde o seu valor como o ouro ou a prata. Vocês foram libertados pelo precioso sangue de Cristo, que era como um cordeiro sem defeito nem mancha. Ele foi escolhido por Deus antes da criação do mundo e foi revelado nestes últimos tempos em benefício de vocês.”

(1 Pe 1:18-20 NTLH)

A minha vida não está sob o meu controle, assim como Adão e Eva também não estavam no controle. Mas o Rei sempre tem tudo sob controle (Salmos 143:10). Ore ao Senhor para que a soberania Dele seja um fato no seu coração.

“Senhor, Tú sabes quem eu sou, sabes que sou pecador, frágil, fraco e vulnerável. Mas, o sangue de Jesus, Teu filho, me purifica de todo o pecado. Perdoa-me pelas vezes que ignorei a Tua soberania, eu me submeto ao Senhor e ao Teu poder ilimitado. O meu coração tem paz, porque eu sei que há um trono, Tú estás sentado nele, e o Senhor vê tudo, sabe de tudo e tem tudo sobre controle. Em nome de Jesus eu oro, amém.”

O que eu escrevi aqui já estava, de alguma maneira, escrito em mim.

“Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei.” (1 Co 11:23a)

A paz que recebi através dessas palavras, entrego a você na esperança que entregará a outros. Compartilhe, comente e curta, e se precisar eu estou aqui para orar por você, te ajudar e continuar esse ciclo de receber e entregar.

“Ainda tinha muitas coisas que vos escrever; não quis fazê-lo com papel e tinta, pois espero ir ter convosco, (..), para que a nossa alegria seja completa.” 2 João 12

Ouça essa música, tenho certeza que não se arrependerá.

 

 

Deixe seu comentário