“Estude, faça a sua parte e o Senhor fará a Dele”

Quantos de nós já ouvimos essa frase?  Sabemos que Deus é soberano e que tudo que podemos fazer é porque Ele possibilita. Porém, podemos dizer que existe a dimensão de nossas ações, a “nossa parte” e aquilo que não depende de nós, “a parte Dele”, acerca da qual podemos apenas orar e entregar em Suas mãos.  Agora, imagine que você é um estudante que fez a sua parte, sempre buscou ser o melhor aluno, ter as melhores notas e, no momento decisivo, parece que Deus não fez a parte Dele. E então? O que fazer?

Querido leitor, no livro do Êxodo, quando o Senhor chamou Moisés para livrar o povo de Israel do Egito, por diversas vezes endureceu o coração de Faraó para que este não permitisse a saída do povo, fazendo com que viesse praga após praga sobre o Egito. Todavia, a razão para que Deus fizesse isso nos é mostrada no capítulo 7, do versículo 3 ao 5: 

“Eu, porém, endurecerei o coração de Faraó e multiplicarei na terra do Egito os meus sinais e as minhas maravilhas. Faraó não os ouvirá; e eu porei a mão sobre o Egito e farei sair as minhas hostes, o meu povo, os filhos de Israel, da terra do Egito, com grandes manifestações de julgamento. Saberão os egípcios que eu sou o SENHOR, quando estender eu a mão sobre o Egito e tirar do meio deles os filhos de Israel.” (Grifo nosso)

O Senhor certamente poderia ter livrado o povo das mãos dos egípcios com um estalar de dedos. Porém Ele sabia que, se assim fosse, não haveria como expor Seus sinais e Suas maravilhas daquela forma, fazendo com que o povo soubesse quem era o Deus de Israel, o EU SOU. Querido leitor, talvez  a sua “libertação” – que, nesse caso, pode ser o seu curso, a sua universidade, o seu estágio ou o seu emprego – ainda não veio porque Deus precisa utilizar dessa situação para mostrar Seu poder, a fim de que você e as pessoas ao seu redor conheçam a grandeza do Seu nome (Êx 9:16).

E como Deus mostrará o Seu poder? Concedendo aquilo que você deseja? Talvez Ele o faça, porque tem poder para fazê-lo,   mas não apenas isso. A principal demonstração do poder de Deus é a sua transformação. Deus deseja que as pessoas vejam o poder Dele por meio da sua vida. A partir do momento que nos rendemos ao operar do poder de Deus em nós, algo começa a mudar e já não somos mais naturais e, sim, espirituais (1 Co 2:14). Aprendemos a esperar e a confiar que o Deus que abriu o mar e a pés secos fez o povo passar é o mesmo que hoje habita em nós e é capaz de fazer tudo de novo. 

Se, mesmo fazendo a sua parte, o Senhor o faz esperar por aquela oportunidade profissional ou acadêmica, que você tanto deseja, não se desespere ou desanime, Ele nos diz: “e para que contes a teus filhos e aos filhos de teus filhos como zombei dos egípcios e quantos prodígios fiz no meio deles, e para que saibais que eu sou o SENHOR.” (Ex 10:2). Confie na beleza da espera. Confie nas promessas do Senhor. Confie que você será liberto e testemunhará sobre quem é o seu Senhor!

Colaboração enviada por Sandra Mylena. 

Deixe seu comentário