Recentemente, estava ouvindo alguns hinos, quando um trecho específico do louvor “Santo Serei”, do 288, ficou gravado em minha mente. A passagem em questão foi o primeiro coro: 

“Habita em meu interior;

Conhece todos meus medos;

Vem destravar meus segredos,

Santificar meus desejos”.

Partindo disso, comecei a refletir sobre algumas questões referentes ao meu futuro. Pensar no futuro é algo que preocupa muitas pessoas, principalmente os jovens. Certa vez, ouvi de uma amiga a seguinte frase: “às vezes, gostaria de saber o que aconteceria nos próximos cinco minutos!” Na hora, eu sorri e concordei com ela. Afinal, não saber o que nos aguarda realmente pode assustar um pouco, pois são tantas incertezas que temos diante de nós! Cada um levanta seus questionamentos conforme a própria realidade (trabalho, estudos, família etc.).

Agora, medite neste versículo:

“Saia da tua terra, da tua parentela e da casa do teu pai e vá para a terra que lhe mostrarei” (Gênesis 12:1 – NAA).

O que você faria se o Senhor lhe dissesse isso nesse exato momento? Ele conhece todos os nossos medos e nossos desejos; nós sabemos disso! A questão, porém, não é apenas saber, é vivenciar. O Senhor conhecia o coração de Abraão naquele determinado momento, sabia de seus medos e de seus objetivos, mas, no versículo 4, lemos: “Partiu, pois, Abraão, como o Senhor lhe havia ordenado”. Abraão escolheu obedecer e vivenciou a dependência no Senhor.

Comecei, então, a transformar os versos daquele coro em minha oração: “Senhor, Tu conheces os meus medos, o que me deixa ansiosa, as coisas que me preocupam. Sabes todos os desejos do meu coração. Pai, vem habitar em meu interior. Toma conta de todos os meus planos! Que eu possa parar de questionar-Te e passar a viver dependente de Ti ”. 

A segunda estrofe desse hino fala:

“Faço minha escolha;

Sei de que povo sou;

Separo a Ti, Senhor,

Todos os meus dias.

Em Tua presença,

Nada vai impedir

Que Teu caminho

Eu possa andar”. 

Abraão, quando ainda era Abrão, foi chamado para andar na presença do Senhor (Gn 17:1). Assim como ele, nós somos chamados diariamente para andar na presença de nosso Pai! Fomos escolhidos antes mesmo da fundação do mundo para fazer parte de um povo santo (Ef 1:4). Nós fomos escolhidos, mas precisamos fazer uma escolha a todo momento. Precisamos escolher Cristo. Decidir estar em Sua presença, sendo guiados para o lugar que Ele nos mostrar. E essa escolha precisa ser por completo. Fácil? Não é! Principalmente porque exige abrir mão de tantas coisas; trata-se de se restringir, assim como é dito no segundo coro:

 

“Retira de meu interior

O que Teu falar abalou;

O que Tua luz revelou;

O que me afasta de Ti”.

 

Muitas coisas, como trabalho, estudos e afins, fazem-nos colocar o Senhor no banco do carona durante a condução de nossa vida. Não me entenda mal. Estude, trabalhe, desenvolva-se como pessoa – tais coisas são necessárias. Porém, coloque tudo diante do Senhor, para que Ele possa lhe dar luz sobre aquilo que o afasta da presença Dele. Não deixe o Senhor no banco do carona, de modo que você O consulte apenas na necessidade. Entregue-Lhe as chaves de sua vida; permita que Ele o guie enquanto você descansa.

Querido(a) leitor(a), o medo e a ansiedade não pedem licença para entrar em nossa vida, mas temos um Pai que cuida de nós, e Seus olhos nos cercam a todo instante. Podemos lançar sobre Ele todas as nossas inseguranças, tudo aquilo que nos aflige. Ele sabe o que é melhor para mim e para você! Permita que Ele retire de seu coração tudo o que o afasta da Sua presença. Entregue sua vida a Ele. Escolha descansar. Opte por fazer parte de um povo santo; seja santo Nele, para que sejam um só.

Agora, convido você a transformar essa terceira estrofe em sua oração:

 

“Deus maravilhoso,

Em santidade, dou

Adoração, louvor

Ao Teu santo nome!

Toda a minha vida

É para Ti, Senhor;

Honra pra sempre

Quero Te dar.”

“Eu é que sei que pensamentos tenho a respeito de vocês, diz o Senhor. São pensamentos de paz e não de mal, para dar-lhes um futuro e uma esperança” (Jeremias 29:11  – NAA).



A seguir, deixo o vídeo da canção que comentei ao longo do texto. Desfrute! Para assistir mais vídeos do grupo 288, clique aqui

Deixe seu comentário