“Ide vós também para a vinha!”

Nas mídias, dentre tantos assuntos, um que tem repercutido muito é a questão do desemprego. Segundo o IBGE, aproximadamente 13,1 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil. Ter tantas pessoas improdutivas é um dado alarmante para o país. 

Diante desse fato, algo semelhante acontece na parábola do capítulo 20 de Mateus. Nela percebe-se que há muitos desocupados. Porém, há um empresário desesperado por contratar mais trabalhadores para a sua vinha. Só bastava querer trabalhar que havia emprego! Aleluia!

A cada hora do dia que esse empresário passava na praça e encontrava pessoas desocupadas, imediatamente às contratava. (Mt 20:7). Ele não se contentava com a quantidade de trabalhadores que já tinha em sua vinha, sempre queria mais. O desejo dele era ver muitos trabalhadores envolvidos em seus negócios. E não se preocupava se o contratado tinha experiência na área, formação acadêmica, se era o mais renomado da cidade. Ele tão somente queria trabalhadores! 

Semelhantemente, assim acontece conosco em nossa vida espiritual. Muitas vezes nos encontramos desocupados, inativos e o Senhor, ao ver essa situação, vem desesperadamente até nós e pergunta-nos: “Por que estivestes aqui desocupados o dia todo?” (Mt 20:6b). Ele não aceita o fato de estarmos improdutivos para as Suas coisas.

No versículo 8, na mesma parábola, lemos: “Ao cair da tarde, disse o senhor da vinha ao seu administrador: Chama os trabalhadores e paga-lhes o salário, começando pelos últimos, indo até aos primeiros.”

A recompensa dos trabalhadores independia do tempo de experiência na vinha. A todos foi acordado o mesmo salário. Igualmente hoje, não importa se você aceitou Jesus há dez anos, há uma semana ou hoje, a mesma recompensa será dada ao Seus filhos, que é o galardão de reinarmos com o Senhor (Cl 3:23,24), basta-nos permanecer na vinha, ou seja, na presença Dele.

Por isso, amado leitor, não resista a esse “emprego”. Não se contente em permanecer na situação que você se encontra hoje. Queira mais. Busque mais. Se Ele está te chamando para a vinha, se disponha e vá. Se envolva nos negócios do Pai! Aceite essa oportunidade. Ele quer você!! Ide também vós!

Repita essa oração: Senhor, reconheço a minha situação. Sou pecador e falho, careço da Tua misericórdia e graça. Por isso Senhor, não quero mais fugir. Quero estar envolvido com as Tuas coisas, com a Tua vinha. Eu aceito essa oportunidade de Te servir. Obrigado por não desistir de mim. Obrigado por Teu amor! Te amo, meu Senhor!

Deixe seu comentário