Se você deseja cooperar com Deus e ser alguém extraordinário nesta era, este texto é pra você! Entenda quais são os 4 itens que transformam pecadores comuns em pessoas extremamente úteis a Deus e revolucione a sua vida e a das pessoas ao seu redor. Bom desfrute!

OS ITENS QUE TRANSFORMAM PECADORES – PRIMEIRO ITEM: SER CHAMADO POR DEUS

Para alguém ser transformado e usado por Deus, o requisito inicial não é ser um super-homem ou mulher-maravilha (1 Co 1:27-29). Esse ponto de partida também não se dá com o desejo pessoal de se querer fazer algo para Ele. Todo agir do Espírito na vida de alguém tem início com a escolha de Deus. Isso é visto como exemplo no aparecimento de Deus a Abraão, chamando-o a sair da sua terra, parentela e prometendo fazer dele uma grande nação e uma benção a todas as famílias da terra (Gn 12:1-3).

Portanto, não importa se uma pessoa é dotada ou não de muita capacidade intelectual ou status social. O que faz alguém dar o passo inicial para experimentar a verdadeira transformação é ser predestinado por Deus. Nesse aspecto, cabe a nós, recebedores de tal comissão, duas atitudes: a primeira é agradecer ao Senhor por tal vocação, aceitando esse convite tão maravilhoso; a segunda, pregar o evangelho para os indivíduos que estão ao nosso alcance, mas sem qualquer julgamento relacionado à aparência exterior. Lancemos a semente do evangelho nos corações e o Espírito se encarregará de convencer quem Ele desejar (Rm 10:16-20; 1 Co 3:6-7).

SEGUNDO ITEM: SER CONSTITUÍDO DA PALAVRA DE DEUS

Após receber o chamamento divino, a identidade de um pecador é reconfigurada. Assim, ele passa a fazer parte de uma raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, que proclama as virtudes Daquele que os chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz (1Pe 2:9). Dessa forma, o segundo item nesse processo transformador é ter um relacionamento profundo com a palavra de Deus.

A maneira de Deus trabalhar no homem e por meio deste é através da Palavra (Jo 1:1-3 KJA; Hb 1:3). Diante disso, não podemos ser passivos. Deus está sempre disposto a se revelar. Basta-nos, portanto, também ir a Ele por meio da leitura da Bíblia. 

“Eu amo os que me amam; os que me procuram me acham” (Pv 8:17).

“Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo” (Ap 3:20).

TERCEIRO ITEM: TER UM RELACIONAMENTO VIVO COM CRISTO

Um homem que é transformado em um ser tremendamente útil a Deus estuda diariamente Sua palavra. Dessa forma, ele tem clareza de quais são os planos divinos e conhece os caminhos pelos quais deve andar (Is 55:8-9). Mas apenas isso não é suficiente para alguém deixar de ser um simples pecador e cooperar com Deus. A Bíblia é clara em advertir que o conhecimento sem prática gera morte espiritual (2 Co 3:6b). Portanto, é fundamental também que haja um relacionamento vivo com Cristo. Assim como não é suficiente apenas conhecer a melhor dieta, mas ingeri-la, devemos provar Cristo e não apenas saber quem Ele é e o que pode fazer em nós.

Conhecer Jesus não é uma doutrina que se aprende apenas com leitura e estudo, mas se dá pela prática das verdades relacionadas a Ele em nosso viver (Tg 1:22). Ele não apenas é o Salvador, mas tudo de que precisamos. Por exemplo, Ele é a comida e bebida que nos sustenta (1 Co 10:3-4), sabedoria e o poder de Deus (1 Co 1:24), redenção e santificação (v. 30b). Tudo isso só é experimentado quando vivemos com Cristo.

QUARTO ITEM: SOFRER COM CRISTO

Após ouvir e atender o chamado de Deus, buscar Palavra e conhecer Cristo de forma viva, o próximo passo é experimentar sofrimentos. Amado leitor, esse item pode ser assustador à primeira vista, mas é fundamental e não tem como ser rejeitado (1 Pe 1:6-7, 4:12-16; Tg 1:2-4, 12).

A questão aqui não é  sofrer pelos erros advindos de nossas falhas, mas aceitar certas situações que Deus envia para nos dar experiências a fim de ajudarmos outras pessoas (Cl 1:24; 2 Co 1:3-10; At 14:22). Precisamos ter em mente que alguém altamente usado por Deus precisa ser capaz de se compadecer das pessoas. Além disso, como conhecer o poder de Deus, que ressuscita os mortos, se rejeitarmos as experiências de “morte” (2 Co 4:7-18)?

Nesse aspecto, o ponto principal não é sofrer, mas sofrer com Cristo (Rm 8:17)! Essa etapa do processo é dolorosa, mas o que produz tem eterno peso de glória, acima de toda comparação.

A exemplo de Paulo, deixemos o poder de Deus nos aperfeiçoar em meio a fraquezas (2 Co 11:22-30). Esse apóstolo tão útil a Deus passou por muitas tribulações, mas o Senhor livrou-o de todas elas (2 Tm 3:10-11). Para aperfeiçoar alguém, Deus envia situações de dor, mas Ele jamais deixa de conceder sua graça suficiente (2 Co 12:9-10). Sua graça sempre nos basta!

Diante desses 4 itens que transformam pecadores, qual é sua atitude?

DECIDA SER TRANSFORMADO DE UM PECADOR COMUM EM UMA PESSOA EXTREMAMENTE ÚTIL A DEUS!

Desejo que você, amado jovem, aceite passar por cada etapa desse processo. Eu embarquei nessa jornada e não tenho me arrependido. A cada dia me sinto mais alinhada a tudo o que Deus planejou para mim e essa é uma das melhores sensações que já experimentei em minha curta existência!

Que essa transformação incrível não apenas mude a sua vida, mas das pessoas que estão próximas a você. Que possamos seguir esses itens que transformam pecadores em pessoas extremamente úteis para Deus!

Jesus é o nosso Senhor!

Esse texto foi baseado no Alimento Diário, um devocional produzido pela Editora Árvore da Vida, da série Ministros da Nova Aliança com o tema A Minha Graça Te Basta.

O devocional pode ser adquirido neste link.

Deixe seu comentário