Introdução

Caro leitor, antes que você comece a ler este artigo quero fazer algumas observações. Esse texto não tem como objetivo engrandecer o nome de um homem, nem nome de uma instituição. Poderíamos dar inúmeros exemplos negativos de cantores, e até mesmo de pastores que não são exemplos no seu serviço a Deus, porém preferimos mostrar apenas um forte exemplo positivo. Para demonstrar que o objetivo não é engrandecer um homem, escolhemos um irmão que já dormiu no Senhor e que é pouco conhecido, seu nome é Keith Green. Neste momento, você, caro leitor, deve estar se perguntando, “Quem é este?”. Bom, neste artigo abordaremos sobre a sua vida e o seu testemunho positivo e, com isso, você poderá conhecer um pouco sobre a sua história.

A história de Keith Green

Keith Green começou sua carreira musical aos 3 anos. Aos 5 anos, começou a aprender a tocar guitarra. Aos 12 anos, já era considerado um músico promissor com uma carreira brilhante pela frente, sendo cotado para se tornar a próxima “estrela teen”. Porém, quando completou seus 20 anos, apesar de ser judeu e ter vários empecilhos, Keith Green se entregou ao evangelho e passou a seguir a Jesus. Naquela época, Green já estava afastado da música.

No ano seguinte, junto com a sua esposa, começou obras de evangelização no subúrbio de Los Angeles. Eles foram muito usados para expandir o evangelho e transformaram a própria casa em um ambiente para cuidar dos necessitados. Ali os necessitados recebiam não só o cuidado físico, como também o cuidado espiritual. Naquele ambiente, eram levados a receber o evangelho e crer que Jesus veio para salvar a cada um. Muitos se converteram e foram batizados. Isso ocorreu de tal maneira que, aos poucos, Keith Green teve que alugar novas casas, cada vez maiores, para que suportassem o número de pessoas que ele e sua esposa cuidavam.

Em 1976, Keith iniciou sua carreira musical no mundo cristão, já que, quando criança, cantava músicas seculares. Trabalhou em alguns CD’s conjuntos e em um CD solo. No ano de 1979, ocorreu o fato que tornou o seu ministério diferente da maioria: ele encerrou seu contrato com a gravadora e, guiado pelo Espírito, sentiu que não deveria cobrar pelos seus CD’s, nem pelos seus shows. Então, ele hipotecou sua casa e gerou uma nova maneira de expandir a obra do Senhor. Qualquer um poderia ter seus CD’s, pois eles seriam gratuitos. Sim, gratuitos! Apenas quem quisesse pagaria pelo CD e mesmo assim pagaria o valor que desejasse. Os CD’s eram enviados por correio se a pessoa pedisse, sem custo nenhum para o destinatário.

A visão que Green tinha era a de que a palavra de Deus deveria estar acessível a todos e alcançar o maior número de pessoas possíveis. Por isso ele abriu mão de todo lucro que ele poderia ganhar com a venda de seus CD’s e shows e passou a ser sustentado por ofertas. A partir de então seu ministério teve muitos frutos. Em 1982 já tinham sido distribuídos 200 mil cópias dos CD’s, sendo 65 mil copias de graça. Posteriormente, todo material cristão já produzido por Keith Green passou a ser disponibilizado de forma gratuita. Em seguida, surgiu a campanha na qual quem adquirisse um CD, mesmo que gratuitamente, ganhava outro para presentear um amigo. Isso ajudou a difundir o evangelho de maneira intensa.

Caro leitor, queremos enfatizar um ponto muito importante. O Senhor dá a cada irmão um meio e uma forma de expandir o evangelho. Atualmente temos vários irmãos, pastores e editoras que não tem como objetivo se enriquecer com o evangelho. No mundo atual tudo tem um custo e nem sempre existem ofertas suficientes para suprir esses custos. Por isso, peço a você, caro leitor, que não julgue os irmãos, mas apenas entenda que o errado não é cobrar certa quantia para vender um CD ou um livro, o errado é tirar proveito dessa venda necessária para se enriquecer, disso Deus não se agrada.

Keith Green não se via como um “artista” por profissão, e demonstrou um desapego material que é raro de se encontrar nos dias atuais. Ele não se isolava no palco nem transformava isso em meio de vida, ao invés disso, arregaçava as mangas, saía dos holofotes e procurava sempre uma proximidade com seu público. Por uma fatalidade, Keith Green faleceu em 1982 em um acidente de avião, porém o seu exemplo de vida, não por meras palavras, mas também com suas atitudes, nos mostram a vida de um verdadeiro servo do Senhor.

Mateus 6:19-21  “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.”

Devemos nos atentar em seguir ao Senhor, considerando, assim como Paulo, todas as coisas como desprezíveis, tendo como objetivo apenas Cristo e o Reino. Nesse aspecto, podemos ver na pessoa de Keith um exemplo semelhante a Paulo.

Filipenses 3:8  “Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo.”

Músicas de Keith Green

Aos jovens que ficaram curiosos para ouvir músicas desse servo de nosso Senhor Jesus, aqui estão duas que representam bem a experiência desse cantor com o Senhor. A primeira musica chama “Make my Life a Prayer to You” (Faça da Minha Vida uma Oração para Ti) e a segunda chama “Your Love Broke Through” (Seu Amor Abriu Caminho).

Gostaria de fazer um pedido aos jovens. Apesar de possuir melodias bonitas, as letras dessas músicas são muito fortes e profundas. Foquem-se nelas e não apenas na melodia. Estas músicas falam de experiências com o Senhor e são muito profundas.

Música 1) “Make my Life a Prayer to You” (Faça da Minha Vida uma Oração para Ti)

 

 

Música 2) “Your Love Broke Through” (Seu Amor Abriu Caminho)

A letra traduzida encontra-se logo abaixo do vídeo.

SEU AMOR ABRIU CAMINHO

Como um sonhador tolo, tentando construir uma estrada para o céu Todas as minhas esperanças viriam abaixo, e eu nunca soube o porquê Até hoje, quando você afastou as nuvens que pairavam como cortinas nos meus olhos. Bem, eu estive cego, todos esses anos desperdiçados, e eu achava que era tão sábio Mas então você me pegou de surpresa

Como acordar do sonho mais longo, tão real ele parecia Até seu amor abrir caminho Eu estive perdido em uma fantasia, que me cegou Até seu amor abrir caminho

Toda minha vida eu estive procurando essa louca parte que estava faltando E com um toque, você simplesmente, remolveu a pedra que prendia meu coração E hoje eu vejo que a resposta era tão fácil, quanto simplesmente te perguntar E eu tenho plena certeza de que eu nunca poderia duvidar novamente do seu amável toque É como o poder do vento

Como acordar do sonho mais longo, tão real ele parecia Até o seu amor abrir caminho Eu estive perdido em uma fantasia, que me cegou Até o seu amor, até o seu amor abrir caminho.


Texto inspirado no documentário “Your Love Broke Through: The Keih Green Story”, o qual retrata a vida de Keith Green.

 Caso tenha interesse em assistir o documentário, clique aqui.

Deixe seu comentário