“Então, orou Ana, e disse: O meu coração se regozija no Senhor, a minha força está exaltada no Senhor” (1Sm 2:1a). Você sabia que a Palavra de Deus é permeada de mistérios? E como podemos revelá-los? No livro A Oração de Ana descobriremos que ao lermos a Palavra com oração é-nos concedido o espírito de sabedoria e revelação. E é através de uma leitura saudável como essa que os mistérios são desvendados.

A Bíblia é como um grande mapa de caça ao tesouro. E o nosso maior tesouro é a vida contida em cada palavra escrita nela! E é por meio dessa vida que somos alimentados! (Ef 1: 16-17). Ao lermos a Bíblia nos dias de hoje encontraremos o “maná”. O maná, no Antigo Testamento, foi usado por Deus para prefigurar Cristo, nosso verdadeiro alimento que desceu do céu para suprir o Seu povo. Esse mesmo “maná” está presente hoje na Palavra de Deus (Jo 6:31-35). Ao lermos Sua Palavra encontramos dois aspectos do “maná”: o “maná visível”, que é a Palavra de Deus escrita, e o “maná escondido”. Você se lembra que no início falamos sobre descobrir os mistérios da Palavra de Deus? Então, esse é o “maná escondido”, e devemos descobri-lo atrás de cada Palavra Dele, isso é a graça de uma porção especial (Ap 2:17). E, claro, ambos são necessários para suprir nossa vida! É isso que o livro A oração de Ana vai nos ensinar e encorajar a fazer. Vamos aprender a comer, ruminar e transformar a Sua Palavra viva em nossa oração.

Ao orarmos, perceberemos que a nossa oração ficará cada vez mais profunda e cheia de significados espirituais, alcançando profundamente o coração do nosso Senhor, adquirindo, assim, grande intimidade com Deus! Dia a dia a vida Dele será acrescida em nós e aprenderemos a nos alegrar no Senhor em toda e qualquer situação. Mas, como podemos nos regozijar no Senhor? O que faço para que isso aconteça? Mais uma vez a oração! Muitos de nós alegramo-nos porque ganhamos presentes, somos elogiados, ouvimos uma boa música, e tudo isso alegra o nosso coração, porém são coisas passageiras, e, consequentemente, nossa alegria também. Neste livro aprenderemos como nos alegrar em quem é VERDADEIRO, NÃO PASSA JAMAIS e é SEMPRE NOVO! Nos regozijar não no que Ele nos concede, e sim, em quem o nosso amado Senhor Jesus é para nós!

Ao conversar com Deus, apenas abra seu coração a Ele, Ana fez isso! Entregou todo o seu coração ferido e angustiado a Deus, clamando por socorro. Você acha que Deus não sabia de tudo? Claro que sabia! Mas Ele quer e precisa ouvir-nos. Conte tudo ao Senhor, sem medo e sem reservas! Quando Ana contou tudo a Deus, ela pôde conhecer mais ao Senhor e ser mais íntima do seu Amado (Sl 25:14).

Mas, como Ana sabia que Deus a ouvia e que estava sendo respondida? Simples, Ana viu a necessidade de Deus! Como assim? Ana teve uma comunhão tão íntima com o Senhor que ela tocou o coração de Deus. Sua primeira oração foi bem simples, como todos nós costumamos começar nossa oração, apresentando nosso desejo a Deus. O que ela apresentou? Sua profunda tristeza de não poder gerar um filho acompanhada de um desejo de tê-lo. Então, quando ela começou a orar, deixou ser conduzida pelo Espírito que a guiava, e percebeu a necessidade que a família tinha de ter um descendente para preservar a herança. E conforme o Espírito a guiava, descobriu que não apenas ela tinha uma necessidade, mas Deus também. Ele precisaria de um rei para governar o seu povo e seria a partir de seu filho, Samuel, que o rei surgiria. Ana pediu um filho varão porque sabia que Deus também precisaria Dele para cumprir seu plano, então, ela consagrou seu filho ao Senhor e fez um voto decidindo não passar navalha na cabeça do menino. Oração atendida! A oração que começou com uma necessidade pessoal, se expandiu para a familiar e por fim alcançou a necessidade de Deus! Assim tanto Ana como o próprio Senhor foram supridos!

Jovem, nesse momento você pode estar se sentindo entulhado por muitas informações que o mundo transmite. Talvez você não esteja conseguindo se aprofundar nas grandezas de Deus e a maior dificuldade encontra-se em separar um tempo para conversar com Ele. Então, vamos te propor um desafio. Você aceita? Que tal ir para o “monte”, um lugar onde possam ficar a sós e ali orar, clamar por socorro, assim como fez Ana, apresentando tudo a Deus? Ore com a convicção de que tudo já está feito (MC 11:24). Persevere! Não desista, porque Deus falará com você, Ele sempre nos responde. Uma vez que a necessidade de Deus é atingida, e encontra caminho em nós para ser cumprida, somos respondidos. Permita-se conhecer a Deus profundamente. O livro A Oração de Ana mudará a sua maneira de orar e ler a Palavra de Deus e você provará o tamanho da riqueza que Cristo tem para te dar! Vai perder essa oportunidade? Jesus é o Senhor!

Ficha Técnica

Título: A Oração de Ana

Editora: Árvore da Vida

Páginas: 69

Primeira edição: maio/ 1999

Mensagens proferidas pelo Irmão Dong Yu Lan em março de 1994 na cidade de Cuiabá, MT.

Deixe seu comentário