O Senhor já fez e está fazendo a parte Dele, e nós temos feito a nossa parte?

Nós já fomos abençoados, escolhidos, predestinados e redimidos. Recebemos graça, recebemos Sua vontade, fomos feitos Sua herança, recebemos a verdade, fomos selados, recebemos espírito de sabedoria e de revelação, sabemos qual é a esperança do nosso chamamento.

Sabemos qual é a suprema grandeza do seu poder, recebemos o cabeça, ganhamos vida, fomos salvos pela graça, fomos ressuscitados, assentamo-nos nos lugares celestiais, fomos feitos uma obra prima, fomos aproximados, fomos reconciliados, recebemos o evangelho da paz, temos acesso ao Pai, tornamo-nos concidadãos dos santos.

Somos da família de Deus, somos edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, somos edifício bem ajustado, crescemos para santuário dedicado ao Senhor e somos edificados para habitação de Deus no Espírito. Tudo isso o Senhor já fez em nós.

Hoje temos que tomar posse de todas as promessas do Senhor, todas as promessas do Senhor são para nós. Por que muitas vezes não ficamos contentes com uma ou duas promessas? Porque ainda não vemos a realidade delas, mas quando estamos no espírito as promessas se tornam reais.

Agora iremos tocar na intensidade com que Deus se dá a nós.

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo” (Ef 1:3). Não foram uma ou duas mas, TODA sorte de bênção espiritual. Por isso, não podemos falar que não conseguiremos praticar por falta de bênção. Não nos falta benção!

“No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça, que Deus derramou abundantemente sobre nós em toda a sabedoria e prudência” (Ef 1:7-8). O Senhor já derramou abundantemente sobre nós a riqueza da sua graça. Estamos totalmente molhados, permeados e inundados tal como a imagem que vemos no topo desse post. Portanto, não podemos falar que não iremos praticar por falta de graça. Não nos falta graça!

“E qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder” (Ef 1:19). Ele opera em nós segundo a suprema grandeza do seu poder. Também não podemos falar que não poderemos praticar por falta de poder. Não nos falta poder!

“A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo (Ef 3:8). Já recebemos o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo. Não nos falta riqueza!

“A fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus”  (Ef 3:18-19). Faltou dimensão de Cristo?

“Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós” (Ef 3:20).  Se apenas pensarmos, Ele é poderoso para fazer infinitamente mais.

Deus já tirou de nós todas as desculpas. Não há desculpas!

Ele já nos deu tudo,  já nos capacitou, por isso não espere grandes revelações, nós já recebemos tudo, o que precisamos é valorizar, tomar posse de tudo o que já recebemos e vivermos na graça, verdade, amor, luz e espírito.

Texto inspirado na mensagem “Em todo o tempo no Espírito” ministrada por Miguel Ma, na Conferência Internacional de Fevereiro de 2017, realizada na Estância Árvore da Vida. Link abaixo.

Colaboração enviada por Gabriela Muller.

Deixe seu comentário