Entendemos à luz da Bíblia que a vida cristã é uma carreira, um caminho estreito. Antes de crermos em Jesus, temos um pequeno vislumbre de como será essa nova jornada. Mas somente a partir do momento que a iniciamos podemos testemunhar tudo o que acontece, o que devemos renunciar, do que devemos nos desviar e ao que devemos nos apegar. O fato é: para cada um dos que foram salvos foi proposta uma carreira.

O autor de Hebreus nos mostra no capítulo 12 que há alguns obstáculos que podem prejudicar nossa corrida. Devemos atentar para tais recomendações. Vejamos: “Desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que nos assedia […]” (v. 1).

Peso e pecado nesse versículo são coisas diferentes.

Por um lado, o peso refere-se a tudo aquilo nos faz correr mais lentos. É bastante comum ouvir testemunhos de grandes irmãos e até mesmo heróis na fé que enfrentaram situações de lentidão na carreira cristã. Todos nós estamos sujeitos a isso. O mundo, o dia a dia, o cansaço que nos resta por investir tempo e esforços nessa terra – esses e outros itens recaem sobre nós como um grande peso e nos sentimos exaustos em poucos metros de corrida. Esse peso precisa ser tirado de nós. O Senhor Jesus chama todos os cansados e sobrecarregados para que sejam aliviados por Ele (Mt 11:28). Quão compassivo é o nosso Deus!

Por outro lado, o pecado nos derruba, nos deixa prostrados, caídos. Ficamos amortecidos, uma angústia toma conta do nosso ser, não temos mais forças para orar ou cantar um louvor ao Senhor; queremos nos voltar a Ele, mas o medo e a vergonha nos fazem ir em direção contrária. É nessa hora que precisamos olhar para Ele! Não é necessário atropelar as palavras em uma oração na tentativa de nos livrar logo de tal situação. Basta olhar para Ele e pedir que Ele nos lave, nos purifique. Não tenha medo e não se sinta um derrotado, jovem! Cada gota do sangue de Jesus tem poder para tirar toda mancha, consertar todo dano, te dar vigor e força! (1 Jo 1:9).

Depois de nos libertar e nos desenredar do peso e do pecado, precisamos deixar fixos nossos olhos em Jesus! Esse é o segredo. É o que o texto bíblico diz: “[…] corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus […]” (v. 2).

Ainda que seja difícil correr e mesmo que não tenhamos fé, precisamos olhar para o Autor da nossa fé. A fé que temos no filho de Deus não vem de nós, Ele próprio é a origem da nossa fé. Se você está encontrando barreiras para crer no que Deus pode fazer, olhe para Jesus, Ele dispensará mais fé ao seu coração. Assim poderemos correr com perseverança, pois nossa fé estará sempre viva e renovada. E teremos a forte convicção de que tudo se cumprirá, seremos vencedores, porque Aquele que é o Autor, é também o Consumador da nossa fé.

Paulo continua no versículo 3: “Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma”.

Para entender esse versículo, é importante considerar que há uma linha tênue entre “correr com perseverança” e “correr exaustivamente”. Para vencer a corrida, precisamos ser perseverantes, nunca desistir. Para isso precisamos saber que muitos irão se opor a nós. Não precisamos mostrar nada para ninguém. Se vivemos uma vida tentando provar que estamos certos por estarmos correndo tal carreira, certamente iremos nos cansar. A nossa vitória se baseia em Cristo e não em nossos esforços.

Em Isaías 40:31 lemos que: “os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como de águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam”. O que nos faz cansados é depositar nossa esperança em qualquer outra coisa que não seja o Senhor. Esse caminho nos levará à derrota. Mas se usarmos os olhos da fé, certamente vamos crer que o melhor caminho é esperar Nele. Não olhe para as circunstâncias, jovem! Corra com o coração posto no Senhor, assim você estará seguro e terá forças para ultrapassar todo obstáculo de forma sábia.

Querido jovem, correr essa carreira não é fácil. O Senhor exige um comprometimento da nossa parte. Precisamos nos libertar de todo peso e pecado, de nossas opiniões, nossa personalidade forte, que nos fazem correr fatigados. Não se canse tentando por si mesmo alcançar a vitória. Não carregue nada que te torne um corredor lento. Se você está ainda no processo de desembaraçar-se do peso e do pecado, não desanime! Passe por cada etapa dessa corrida a fim de se tornar um jovem saudável apto para chegar ao fim da corrida! Corra de maneira que agrade o Senhor! Persevere!

Deixe seu comentário