Servir a Jesus é um desafio constante, haverá dias em que você enfrentará conflitos a respeito da sua fé e se decepcionará consigo mesmo diante dos erros que cometerá, colocando em prova a sua fidelidade. O interessante é que Jesus se importa menos com os seus erros e mais com a sua capacidade de humilhar-se, levantar-se, sacudir a poeira, reconhecer que errou e recolocar seus pés no caminho em que Jesus te colocou. Por isso, não se frustre diante dos erros ao servir a Jesus, lembre-se que servir a Jesus é um desafio constante cheio de altos e baixos, que a cada queda ele estará lá com suas mãos estendidas pra te levantar.

Desafio 1: negar a si mesmo

O desafio de viver uma vida inteiramente para Jesus requer alguns requisitos: o primeiro é negar a si mesmo.

Como faço para negar a mim mesmo? Primeiro você tem que entender que você não vive uma vida pra si, mas para Cristo; então seus desejos devem ser suprimidos, você não deve fazer a sua vontade, mas a vontade de Jesus. O apostolo Paulo nos dá um exemplo claro disso ao dizer: “Já estou crucificado com Cristo; e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” (Gálatas 2:20, Bíblia ACF). Observe que todos nosso desejos carnais devem ser crucificados com Cristo.

Desafio 2: seguir a Jesus

O segundo requisito e também desafio de viver inteiramente para Jesus é: seguir a Jesus. Vejamos o que Mateus 19:16-23 diz: “E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna? E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos. Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho; Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda? Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me. E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades. Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus” (Bíblia ACF).

Observe esse triste episódio de um jovem que não optou em seguir a Jesus, pois não teve a capacidade de renunciar a si mesmo. O desafio do Senhor era simples: ”vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me” (v. 21). Esse jovem se prendeu aos bens que possuía. Ele demonstrou ser um exímio religioso, mas não um cristão verdadeiro. Infelizmente, muitos jovens têm optado em não seguir Jesus por serem incapazes de renunciar o mundo, os prazeres e as fantasias; no entanto, convido você a seguir Jesus, porque onde Ele está existem milagres, alegria, amor e confiança. Seus colegas do mundo vão falhar com você, mas Jesus não, ele não falha, ele te ama incondicionalmente.

O desafio dos colegas descrentes

Falando em  colegas do mundo, pode ser que eles zombem de você por não entender o porquê de ser diferente, o porquê de se separar, o porquê de se abster das coisas que pra eles são normais. Mas o que para eles é loucura para nós é poder de Deus.

Diante desse desafio, tente compreender que isso faz parte de viver uma vida separada para Cristo (Jo 17:14; 1 Jo 3:13). Não temos de ficar irritados ou envergonhados de viver uma vida de cristão. Em vez disso, devemos pregar e apresentar o caminho de Cristo para eles (1 Co 15:34). Viver para Cristo vale a pena, e a recompensa é inigualável. Não perca essa chance! Não se envergonhe do evangelho!

Por que Servir a Jesus?

Servir a Jesus é algo pessoal, é uma escolha que terás de fazer. Diante das dúvidas que te cercam, Jesus é a saída. Mas porque servir a Jesus? Quais benefícios? Você provavelmente está se perguntando isso. Diante dessas reflexões buscarei exatamente pensar em alguns pontos que nos mostram como é importante servir a Jesus. Penso que, se entendermos isso, teremos um maior desejo de servi-lo.

Razão 1: Porque Jesus te amou primeiro

Você sabe o que é amor? O verdadeiro amor? Nessa fase da vida temos vários amores, porém, a maioria é passageiro. As coisas, antes importantes, são rapidamente substituídas. Você já passou por alguma experiência relacionada a isso? Já sentiu ser substituído? Já amou e depois viu que seu amor não tinha sentido? Se eu fosse responder essas perguntas as minhas respostas seriam positivas para todas as interrogações.

Pare um pouco de ler e comece a refletir sobre seus amores, suas paixões – elas continuam as mesmas? Provavelmente não, pois temos uma tendência de mudar quando nossas expectativas não são correspondidas. O amor humano é falho e incompleto. A coisa que você amou no passado, talvez, hoje não ame mais. Isso faz parte da natureza humana.

Se você está preocupado e decepcionado eu tenho uma boa notícia, Jesus pode nos ensinar a amar. “E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor e quem está em amor está em Deus, e Deus nele. Nisto, é perfeito o amor de Deus para conosco, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos nós também neste mundo. No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor. Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro” (1 João 4:16-19, Bíblia ACF). Jesus tem o verdadeiro amor, Ele te amou primeiro. Mesmo antes de você nascer ele já te amou de uma forma tão grande que entregou a sua própria vida, esse motivo já é suficiente para desencadear um desejo de servi-lo.

Razão 2: porque Jesus é o único que estará com você sempre

Eu já falei e vou repetir: todos seus colegas do mundo podem te abandonar, mas Jesus nunca te abandonará. Veja o que Mateus 28:20 diz: “Eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos” (Bíblia ACF).

Já se sentiu sozinho? Abandonado?  Estas são sensações que todos nós vivemos. É comum diante de problemas nos sentirmos desamparados e sem ninguém para nos socorrer. Davi vivenciou isso ao dizer: “Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro. O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra” (Salmos 121:1-2, Bíblia ACF). Servir a Jesus é ter a certeza que nunca viveremos sós, porque Ele nos fez uma promessa de nunca nos deixar sozinhos.

Razão 3: porque Jesus é uma proteção

Servir a Jesus significa que você nunca estará desprotegido, esse é um dos benefícios que Ele nos proporciona. Os filhos de Corá serviam a Deus de uma forma tão intensa que eles atribuíram a Deus em Salmos 46:1 pelo menos três características relacionadas à proteção. Para eles, Deus é: refúgio, fortaleza e socorro. Veja o texto bíblico: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia” (Salmos 46:1, Bíblia ACF).

Vejamos as definições do dicionário para esses três itens. Refúgio é “Retiro; local tranquilo que oferece paz, tranquilidade, sossego: refúgio ambiental. Abrigo; lugar que alguém procura para fugir ou para se livrar de um perigo. Esconderijo; lugar onde alguém pode se esconder ou ocultar alguma coisa. Amparo; aquilo que serve para amparar, para proteger ou confortar”. Fortaleza é “Lugar de refúgio ou de defesa, como uma torre, uma fortificação ou uma colina alta cercada de defesas; desses locais, podiam-se rechaçar os inimigos. Metáfora de refúgio e de segurança”. Socorro é “Auxílio; ajuda ou assistência que se oferece a alguém em caso de um problema, dificuldade ou doença: socorro financeiro; prestava socorro. Ajuda; o que se oferece para ajudar ou para socorrer outra pessoa”.

Diante dessas afirmações, os filhos de Corá deixam bem claro que o Senhor é uma proteção. Ao servir a Jesus você estará protegido. Servir a Jesus implica estar debaixo de suas asas e de sua proteção, “mil cairão ao teu lado dez mil a sua direita, mas tu não serás atingido” (Sl 91:7, Bíblia ACF).

Servir a Jesus é um Privilégio

Servir a Jesus é um dos maiores privilégios que alguém poderia ter, então mesmo diante das dificuldades não desista de Jesus, aproveite essa fase pra fazer a diferença e ser um influenciador dessa geração. Seja luz! Tome sua decisão, lide com os desafios e brilhe.

Colaboração enviada por Joab Gonçalves.

Deixe seu comentário