A Bíblia está repleta de ordenanças perturbadoras e afirmações incômodas. Em outras palavras, muitas das diretrizes presentes nas Escrituras estão lá para perturbar nossos reinos claustrofóbicos e egocêntricos e mover-nos na direção de Cristo e do reino Dele.

Para mim, um dos ensinos mais perturbadores de Cristo está no Sermão do Monte. Ele diz aos seus ouvintes e a nós, que lemos tantos anos depois: “vocês são a luz do mundo. Uma cidade sobre um monte não pode ser escondida” (Mateus 5:14).

Por que esse ensino é tão inquietante para mim? Porque em outra passagem, Jesus diz “eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará em trevas, pelo contrário, terá a luz da vida” (João 8:12).

A lógica aqui deveria nos deixar desconfortáveis: Jesus está dando seu próprio nome (a Luz do Mundo) a mim e a você. É o plano divino de Deus fazer com que a luz de Seu Filho seja visível para outros, enviando-nos para um mundo sombrio e perdido para vivermos como luz.

Mateus 5:14 não é um chamado para pastores ou missionários em tempo integral. Em vez disso, é um ensino para todos os que se declaram seguidores de Jesus. Fomos chamados para sermos luz no mundo, apontando para a Luz do Mundo.

Mas aqui está o problema: muitos cristãos vivem aprisionados em um gueto cristão.

Se você avaliar uma semana comum em sua vida, quanto do seu tempo terá sido destinado a programações da igreja? Quantas horas você terá gasto participando dos cultos, pequenos grupos, ministérios de homens ou mulheres, grupo de jovens, ministério infantil etc?

E quanto aos seus amigos? Fora dessa agenda ministerial, quantas horas você passou com outros cristãos em encontros sociais? É natural para você passar tempo com cristãos mais do que com não-cristãos?

Faço aqui uma pausa: o objetivo desse artigo não é desencorajar você em relação à participação nos ministérios, nem quanto ao tempo gasto com seus amigos cristãos. De jeito nenhum! Quero, na verdade, encorajar você a sentir-se incomodado e perturbado pelos ensinamentos de Jesus.

Muitos de nós não levam Mateus 5:14 tão a sério. Não buscamos um estilo de vida no qual temos oportunidades naturais de sermos luz em um lugar escuro. Estamos aprisionados em um gueto cristão.

Deixo aqui uma paráfrase de Mateus 5:14 – “vocês são a luz em suas vizinhanças. São a luz em seus escritórios. São a luz em suas escolas. Vocês são a luz em suas academias. Vocês são a luz nos times de futebol de que fazem parte.”

Você tem se esforçado para brilhar? Quando você sai do conforto e da segurança de seu gueto cristão, Jesus vai com você e lhe dá tudo o que você precisa para ser uma luz brilhante!

Fonte
Texto traduzido e adaptado do artigo do pastor norte-americano Paul Tripp

Deixe seu comentário