Você fica preocupado por não saber o que vai acontecer amanhã? Você se sente muitas vezes inquieto, com pensamentos a mil por hora? Todos nós sabemos que o mundo quer cada vez mais nos ocupar. Muitas vezes seria bem melhor se o dia tivesse mais que vinte quatro horas, não é mesmo?! São tantas responsabilidades, metas para alcançar e deveres para cumprir que está se tornando comum desenvolver crise de ansiedade. A melhor notícia? Podemos encontrar na Bíblia palavras de conforto, esperança e encorajamento para os dias cheios e maus.

É interessante que ansiedade não é um sintoma moderno, não é exclusividade do século XXI. Desde o tempo em que Jesus pregava para as multidões, já haviam pessoas um tanto preocupadas com o que vestiriam, comeriam ou beberiam. Em Mateus 6:25-34, Jesus nos traz luz sobre esse assunto. Após dizer que não devemos nos preocupar com essas coisas tão pequenas, Ele nos mostra de forma tão simples que cuida de nós: “Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?”. O Senhor ainda acrescenta: “qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida?”.

Não precisamos nos preocupar, pois nenhum esforço nos dará um dia a mais. Deus sabe de cada uma de nossas necessidades. Mais a frente, no versículo 33, Jesus revela o segredo: “buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas”, repare que Jesus não diz que nos dará tudo o que desejamos, mas sendo conhecedor das nossas necessidades, Ele as suprirá.

O que precisamos é deixar Deus tomar controle de toda situação, pois já não pertencemos mais a nós. Ao nos envolvermos com as coisas de Deus e de Seu reino, deixamos de nos preocupar com as coisas aqui da terra. Que tal mudar nosso olhar para as coisas lá do alto?! (Cl 3:2). Tenha sempre em mente que, ao se preocupar, você estará duvidando de Deus. Isso de maneira alguma pode se encaixar em nosso viver. A melhor maneira de expressar nossa confiança em Deus é, em oração, derramar nosso coração (Sl 62:8).

Em Filipenses 4:6 lemos: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.”. Na presença do Senhor nossos desejos precisam estar colocados, assim nossa ansiedade jamais será oculta para Ele (Sl 38:9). Essa atitude nos trará a paz que excede todo entendimento (Fp 4:7). Seja sempre sincero com o Senhor, não esconda nada. Lance sobre Ele toda ansiedade, porque Ele tem cuidado de você (1 Pe 5:7). O Senhor ama e almeja que nós tenhamos um coração honesto e totalmente confiante Nele!

Um coração contente, traz alegria para Deus. Ao sermos contentes com o que temos, nosso coração será cada vez mais confiante em Deus e em Seus cuidados. “Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com o que tendes; porque Ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei” (Hb 13:5). Ao nos ensinar a orar, Jesus deixou bem claro: “O pão nosso de cada dia dá-nos hoje” (Mateus 6:11). Isso nos mostra que temos uma porção de sustento para cada dia. Portanto, alegre-se com o que o Senhor te deu hoje. Faça de Provérbios 30:8 sua oração: “não me dês nem a pobreza, nem a riqueza; dá-me o pão que me for necessário”. Um coração que se alegra com os gestos de bondade de Deus, que às vezes passam despercebidos, será como um banquete contínuo (Pv 15:15). É de grande valor para Deus um coração contente, Ele nunca decepciona quem está sempre satisfeito com o que Ele tem a oferecer.

Querido leitor, o mais essencial de tudo isso é depositar nossa esperança no que é eterno e não se esforçar tanto correndo apenas atrás do que se desfaz. No mundo, não há nada de bom nem indícios de que vai melhorar; não há onde investir nossa esperança. Lemos em Romanos 15:13: “E o Deus da esperança vos encha de todo gozo e paz no vosso crer, para que sejais ricos de esperança no poder do Espírito Santo”.

Em nós não há força para resistir a esse mundo tão corrompido e com tanto acúmulo de maldade, mas o Senhor é o Deus da esperança, somente Nele podemos renovar nosso olhar para as coisas ao nosso redor. Tenha calma, não é o fim. É por meio do Senhor que podemos trazer à memória o que nos pode dar esperança (Lm 3:21). Deus prometeu que estaria conosco todos os dias, nossos dias são sempre lembrados por Ele. Mesmo que nada ao seu redor seja favorável para você buscar mais o Senhor, não tema: você não está só! Há um Deus Todo-Poderoso que é capaz de te suprir em tudo! Os pensamentos que Ele tem a nosso respeito são de paz (Jr 29:11), por isso não desanime.

Apegue-se no amor de Deus, pois esse amor é o único que vence todo medo, toda morte e todo tormento (1 Jo 4:18). Lembre-se: “aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?” (Romanos 8:32). Não pense que você estará incomodando a Deus se pedir ajuda, paz ou apenas um abraço. Cristo nos deu a igreja, nela há irmãos capacitados humana e espiritualmente para socorrer você. Peça ao Senhor força para se abrir e buscar ajuda.

Se você já passou por uma situação parecida, ou talvez nunca tenha sentido esse desespero que é a ansiedade, saiba que Deus quer te usar como um canal de paz. Pregue o evangelho, levando sempre uma boa palavra, com vida, leveza e amor (Pv 12:25). Esteja aberto e sensível para enxugar lágrimas, dar um abraço e ser um ombro amigo. Há pessoas que precisam de uma palavra, da Pessoa do evangelho para que a tempestade e todo pranto tenha fim (Mt 24:14; Ap 21:4).

“Confiai no SENHOR perpetuamente, porque o SENHOR Deus é uma rocha eterna” – Isaías 26:4.

“Ora, o Senhor da paz, ele mesmo, vos dê continuamente a paz em todas as circunstâncias. O Senhor seja com todos vós.” – 1 Tessalonicenses 3:16.

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” – João 14:27.

Convido você a compartilhar algum ponto da leitura que mais te tocou; deixe nos comentários sua experiência com ansiedade e como o Senhor te ajudou e te sustentou. Graça e paz! 

Deixe seu comentário