Já foi a um culto ou reunião cristã e sentiu que nada mudou? Você saiu da mesma maneira que entrou? Ou então ao ler sua Bíblia ou mesmo um livro espiritual sentiu que não acrescentou nada em sua vida ou no seu viver? Talvez tenha até pensado: “vou mudar de igreja porque aqui não vejo nada de diferente” ou “de que adianta ler a Bíblia se nada de diferente ocorre comigo?”.

Qual será o verdadeiro problema? Para ilustrar vamos usar o seguinte exemplo: imagine uma pia cheia de louças  sujas. Nada irá mudar se ninguém se propor a ir até a pia, abrir a torneira e  começar a lavar. Por mais que as louças estejam no lugar certo, nada mudará se a torneira não jorrar sua água para que as louças sejam limpas, lavadas.

Muitas vezes somos como uma louça cheia de sujeira acumulada.

Algumas dessas sujeiras são inevitáveis, como: palavras torpes (que muitas vezes somos obrigados a ouvir) e músicas inadequadas (que ouvimos em nossos trabalhos ou mesmo passando pela rua). Muitas vezes entramos em contato com as sujeiras, mas não podemos nos deixar contaminar por elas. Devemos ser como um peixe de água salgada que, apesar de estar no mar, não se deixa contaminar pelo sal presente na água. Ou ainda, como um barco que está no meio flutuando sobre o mar e que não permite que a água entre, pois isso o afundaria.

Outras sujeiras são evitáveis, mas por causa do pecado acabamos caindo, sujando-nos e desagradando nosso Deus. Querido leitor não se engane com o que o mundo diz a você. “As más conversações corrompem os bons costumes” (1Co 15:33). Muitas vezes o mundo nos engana e acabamos tomando por normais coisas como: pornografia, sexo fora do casamento e contendas – coisas que Deus abomina por serem obras da carne (Gl 5:19-21). Talvez essa seja a causa de não reconhecermos nossa sujeira e aí está a verdadeira causa de a Bíblia não falar mais com você intimamente, de as reuniões cristãs não fazerem mais diferença em sua vida.

Além disso, muitas vezes o Senhor coloca pessoas ao nosso redor para nos ajudar, como uma pessoa que se dispõe a “lavar a louça”, e nós as recusamos, passando a falsa impressão de que está tudo bem e não aceitamos que precisamos mudar.

Estamos no lugar adequado para sermos limpos (a igreja), temos uma água (Palavra de Deus) poderosa para limpar toda a nossa sujeira, irmãos dispostos a “por a mão na massa” e nos limpar. Mas nós mesmos não nos dispomos a ser limpos e achamos que o problema está na igreja, nos irmãos e o pior, podemos achar até mesmo que o problema está na Palavra, na própria Bíblia.

Permita que o Senhor lave completamente o seu ser dessas coisas que te afastam Dele. Permita que Ele use pessoas para auxiliá-lo nessa limpeza e esteja no lugar adequado para ser limpo, lavado.

 

Deixe seu comentário