Ingressar em uma boa faculdade é o sonho da maior parte dos jovens, ainda mais os cristãos, mas, que curso fazer? Esta pergunta causa conflitos e lutas interiores em alguns, enquanto  outros a encaram com plena paz e tranquilidade. Proponho, com este texto, compartilhar o resultado de confiar meu futuro ao Senhor.

Aos doze anos já sabia qual faculdade iria cursar, possuía muitas perspectivas para o futuro e alimentava diariamente esse desejo. Arquitetura era meu sonho. Em todo lugar, em cada olhar, era o futuro. Enquanto isso, pedia orações a igreja para que o Senhor me aprovasse nesse curso.

Aos dezesseis anos, quando estava no segundo ano do ensino médio, já era o momento de me preocupar com os vestibulares. Fiz o primeiro com grande expectativa, entusiasmo e confiança, e a resposta foi NÃO. Tudo bem, eu era novo. Dezessete anos, terceiro ano do ensino médio, pressão aumentando, me matriculei em um cursinho particular. Estudei com vontade, determinado de que aquele seria o último vestibular. Fiz a prova mais confiante e com plena certeza da aprovação, visto que a nota de corte de Arquitetura era baixa. E, para minha surpresa mais uma vez, o resultado foi NÃO.

Então me vi em profunda tristeza, “meus colegas entrando na faculdade e eu aqui”. Depois de muitos conflitos e angústias um conselho mudou meu modo de ver. Meu pai me aconselhou a orar. Mas isso eu já fazia desde pequeno, porque naquela ocasião seria diferente? Decidi orar, mas de tanta tristeza, orei de modo diferente, pedindo ao Senhor que me revelasse qual era o plano Dele para minha vida. Será que era o curso errado, ou o tempo não era chegado? Pedi ao Senhor que falasse de maneira extremamente clara para que não restasse nenhuma sombra de dúvidas em mim.

Uma única oração, com um coração quebrantado, mudou meu futuro dali por diante. Na mesma noite, o Senhor me trouxe um sonho, como nunca antes havia visto. Um sonho muito profundo, no qual muitas coisas aconteceram, mas uma frase dita no final me incomodou profundamente: “Pensei que você fosse mais sensível ao Espírito”.

Acordei diferente – transformado diria. O Senhor, em uma noite tirou todo meu anseio por Arquitetura e colocou outro curso no meu coração. Direito. Não acreditei quando acordei, e novamente orei. Mais uma vez, de maneira bem sincera, disse: “Senhor, eu não tenho capacidade para passar em Arquitetura, quanto mais em Direito? Se for da tua vontade, como estou sentido, o Senhor irá me colocar na faculdade; porque, por mim, não sou capaz”. Então pedi orações à igreja.

O Senhor me capacitou a estudar mais, então no ano seguinte saiu o resultado: Aprovado na Universidade Federal de Uberlândia para o curso de Direito. E ainda veio a confirmação, havia passado em outra Universidade Federal e ganhado bolsa integral em uma Instituição privada. Senti uma alegria imensa em ver que realmente o Senhor estava comigo, cuidando de mim. Meses se passaram e ainda me surpreendo com o grande milagre realizado na minha vida. Toda honra e toda Glória seja dada a Ele.

Jovem, consagre seu futuro ao Senhor, permita que Ele seja expresso em sua vida, trilhe o caminho que Ele reservou a você! Esqueça sua capacidade natural e deixe que o Senhor o capacite. Acredite, Ele sabe o que é melhor para você, não conhecemos o futuro, mas se o Senhor nos colocou onde estamos, é porque Ele tem um propósito nesta situação. Confie!

“Ao homem que teme ao SENHOR, ele o instruirá no caminho que deve escolher. ” (Salmos 25:12)

COLABORADOR:

Samuel Guimarães Espíndola

 

Deixe seu comentário