É maravilhoso saber que Jesus abriu um novo e vivo caminho para nós e que, quando nascemos do alto, voltamos a nossa origem celestial. Porque, outrora, estávamos desconectados e impossibilitados de acessar a Deus, mas a eficácia do sacrifício do Senhor restabeleceu a nossa conexão com o trono da graça.

Para entender o que é o novo nascimento, vamos relembrar do episódio em que Nicodemos foi ter com Jesus. O Senhor disse a Nicodemos que era necessário que ele nascesse de novo. Essa expressão, no texto original, aparece novamente mais à frente, no versículo 31, e é traduzida como “quem vem das alturas”. Portanto, nascer de novo significa, também, nascer do alto (Jo 3:3, 7, 31). O que é nascer do alto? É nascer de uma fonte diferente da carne, ou seja, do Espírito, é ser gerado de Deus (Jo 3:5-6, 8). 

O mundo, por meio da observação do comportamento das pessoas e da época de nascimento, criou rótulos para dividir as diferentes faixas etárias em grupos. A partir do século 20 os nomes de cada geração começaram a surgir, tal como: geração silenciosa, baby boomers, X, millenials e Z.

Essas definições geracionais só fazem sentido sob a ótica secular, pois, a partir do momento em que cremos no Senhor e nascemos do alto, é Ele quem nos define e revela o Seu propósito em nossas vidas. 

A Bíblia é o “manual do fabricante” e, por meio dela, Deus responde quem nós somos, qual o nosso propósito e destino final. Por isso, podemos afirmar, sem medo, que nós somos a Geração de Jesus, pois nascemos do Espírito. 

Somos Transferidos para o Alto

Além de restabelecer a conexão entre o homem e Deus, a obra redentora do Senhor nos permitiu mudar de atmosfera. Por meio de Jesus, somos transferidos para o alto. Isso significa que, apesar de vivermos na terra, nossa vida é governada pelos céus. E, não somente isso, outrora estávamos mortos, nas trevas, satisfazendo a nossa carne, a mercê da depressão e ansiedade, agora temos vida em abundância, estamos na luz, podemos andar no espírito e desfrutar de paz e alegria. 

É certo que enfrentamos muitas dificuldades, adversidades, ataques do inimigo, mas não devemos focar nessas coisas, pois o Senhor pode nos salvar de todas elas. 

Não pense que Deus está sentado, de braços cruzados, como um espectador de sua vida. Ele está no trono, administrando tudo, e sua mão está pronta para socorrer. Como Davi disse em Salmos 120:1: “Na minha angústia clamei ao SENHOR, e ele me ouviu.”

A Vitória vem do Alto

Há outra batalha que lutamos diariamente, que é contra as tentações. Tentação é o desejo de fazer algo que é pecado, ou uma maneira ilícita de conseguir coisas lícitas, ou ainda arrumar um jeito ilícito de satisfazer uma necessidade lícita. 

No deserto, aprimeira tentação de Jesus refere-se a uma necessidade lícita: a fome. Porém, o diabo ofereceu uma forma ilícita para resolver essa situação, mas o Senhor não cedeu a ele e o venceu usando a palavra (Lc 4:1-4). 

Para vencer as tentações, precisamos entender que não estamos sozinhos. Aquele que venceu o diabo está conosco, e, quando nos voltamos para o espírito, ou seja, mudamos de atmosfera, alcançamos a vitória. 

Alguns conselhos práticos para vencer a tentação:

  1. Fuja: não adianta lutar contra as armas do diabo (2 Tm 2:22). 
  2. Invoque o nome do Senhor: o invocar é a forma mais simples de se voltar ao espírito e  receber a ajuda de Deus (Sl 50:15; 145:17, Rm 10:13). 
  3. Ande junto com os irmãos: somos um corpo, precisamos um dos outros para vencermos o diabo. 

Amado leitor, não sei qual é a sua condição, talvez você tenha caído em tentação, mas deseja viver algo novo. Tenho uma notícia boa para te dar: não é tarde para recomeçar. Tome uma decisão e abandone o que tem te afastado da presença do Senhor. Se quiser ganhar mais luz sobre isso, recomendo a leitura de um outro texto que publicamos recentemente,ANO NOVO: UMA NOVA OPORTUNIDADE PARA RECOMEÇAR.

Somos Influenciadores Lá do Alto

Aqueles que nasceram do alto podem se conectar facilmente com Deus quando se voltam ao espírito. Se voltar ao espírito é como subir a um alto monte. Nesse monte, temos comunhão com Deus, somos trabalhados, transformados e enchidos de graça e poder. 

Assim como gostamos de compartilhar com as pessoas as coisas boas que acontecem conosco, do mesmo modo, não podemos reter apenas para nós o que o Senhor fez e o que Ele pode fazer . 

Ficar no monte é maravilhoso, mas precisamos descer de lá para pregar o evangelho, pois há muitas pessoas ao nosso redor que se encontram numa condição terrível, sedentas e famintas por Deus, e apenas Ele pode mudar realmente suas vidas.

Os Frutos Lá do Alto

Ser nascido do alto é uma revolução no modo de viver e pensar, pois aqueles que nascem de novo recebem uma segunda chance. O mundo procura por isso, e Deus é o único que dá essa oportunidade. 

Somente quando nascemos de novo e desfrutamos da comunhão com o Senhor, é que podemos expressar esse modo diferente de vida e impactar o mundo. Portanto, querido leitor, devemos subir ao monte diariamente, pois não somos mais influenciados pelo mundo, mas influenciadores do alto; não repetimos os conceitos do mundo, mas pregamos o evangelho do Reino.

O mundo tentará nos calar, nos cobrir com um cesto, para impedir que a nossa luz resplandeça (Mt 5:15), mas, não temamos! Deus já nos empoderou, e Ele mesmo nos dará a palavra que iremos falar (Mt 10:19; At 1:8). Deus conta conosco e nos reveste com os santos ornamentos, para compormos o Seu exército no dia da convocação, que é hoje (Sl 110:1, 3). Não temos mais tempo a perder, chegou a hora de deixarmos o que é impuro, de filtrarmos aquilo que vemos, lemos, assistimos e avançarmos porque nós não somos daqui, somos lá do alto.

Esse texto foi baseado nas cinco mensagens que compuseram a Conferência Geração Santa, que ocorreu em Janeiro de 2022 na Estância Árvore da Vida, com transmissão ao vivo pelo canal do Instituto Vida para Todos no Youtube, com o tema geral: Somos lá do alto.

Deixe seu comentário