Qual o valor da sua vida? Eu cresci sendo ensinada que o meu valor era muito alto e que a minha personalidade fazia-me única e conferia-me um valor inestimável. E por isso, aprendi que era preciso ser seletiva com minhas amizades, meu tempo, meu futuro e principalmente com os assuntos relacionados ao meu coração. Porém, apesar de ter sido ensinada, isso não era real para mim e eu não tinha total clareza sobre qual era a minha importância. E assim, a fragilidade da concepção que eu tinha sobre valores apareceu de maneira evidente no meu ensino médio.

 

Nesse ambiente, eu passei a ouvir todos os dias sobre o valor da aparência. E esta era ditada por um padrão inalcançável – quanto mais eu me encaixasse nele, mais valiosa eu seria. Ou seja, eu era só um corpo, um objeto. E com o tempo, ouvindo e assimilando esse sistema, repensei quem eu era e calculei que o meu valor era muito pequeno, pois estava muito distante daquele modelo.

 

Nessa confusão de valores e baixa auto-estima, tudo o que eu queria era ser contemplada por esse sistema. E então, surgiu alguém que me notou da maneira que eu desejava. Não era romântico e não parecia nada com o que haviam me ensinado sobre relacionamentos, mas eu estava perdida e o simples fato de ser vista como as outras garotas significava tudo para mim. Eu realmente acreditava que a maneira como esse alguém me tratava era a minha grande oportunidade. E por isso valia a pena abrir mão daquela minha seletividade e me entregar para aquele momento que poderia ser o único na minha vida.

 

A verdade é que esse alguém me tratava não só como um objeto, mas como um lixo, e eu achava que aquele era o máximo que ofereceriam por mim. Perdida, sem saber muito o que fazer com minha vida e com a consciência pesada por estar começando a abrir mão dos meus princípios e daquilo que havia sido ensinado a mim, Deus me socorreu. E ensinou-me sobre valor a partir da história de Judas.

 

Judas calculou a vida de Jesus em exatas 30 moedas de prata (Mt 26:15). Para ele, aquele era um grande negócio e uma excelente oportunidade. Por um lado, Judas conviveu com Jesus e sabia quem Ele era e o que era capaz de fazer. Por outro, as mentiras de Satanás confundiram-no a respeito do custo da vida de Jesus. No entanto, ao final, Judas caiu em si e o peso de perceber que havia trocado Aquele cujo valor era inestimável por 30 moedas de prata foi insuportável (Mt 27:5). E aquele que o enganou, depois acusou-o de maneira tão forte ao ponto de Judas por fim à própria vida.

 

Satanás, através de mentiras, muda as aparências das coisas e realiza nas nossas mentes uma inversão de princípios. Assim como Judas, é como se você escolhesse trocar uma joia preciosa por lixo – acreditando que É um bom negócio – então, na hora que percebe o que fez, a culpa e o remorso te matam. A verdade é: o valor da vida de Jesus é inestimável e do mesmo modo, se Ele deu a vida por nós, o nosso também o é. Quando não temos clareza sobre quão valioso é o nosso Senhor, ficamos confusos sobre a nossa própria importância.

 

Graças a Deus pela Sua soberania. Na minha experiência, Deus colocou barreiras que me impediram de me entregar para aquele alguém que acreditava  – assim como eu na época – que o meu valor era muito pouco. Essa inversão de valores não ocorreu do dia para a noite, mas vivendo naquele sistema que me dizia mentiras todos os dias. E essa experiência vai muito além de uma afirmação da minha auto-estima, mas me mostrou como o mundo tenta transformar a verdade de Deus em mentira (Rm 1:25) e faz com que troquemos aquilo que é precioso pelo o que não nos leva a lugar algum.

 

A Bíblia diz que o inimigo de Deus veio para matar, roubar e destruir (Jo 10:10). Mas, muitas vezes, para cumprir esses objetivos, ele não nos força a nada, mas nos engana. Inverte nossos princípios e acabamos por escolher trocar nossas vidas – cujo preço é inestimável – por coisas que nada valem. E assim, entregamos a nossa pessoa, nosso tempo, saúde, coração e nossa fé para um trabalho, um curso, uma faculdade, uma amizade, um relacionamento ou um sonho, acreditando ser a grande oportunidade de nossa vida. E a verdade é que essas coisas não são reais, não nos levam a lugar algum. Elas passam e deixam a culpa  e o remorso de ter feito um péssimo negócio.

 

Se você percebeu que talvez também não tenha tanta clareza sobre o seu valor, volte-se ao Senhor e à palavra Dele para que a verdade de Deus seja gravada no seu coração: o seu valor é inestimável. Você foi comprado com o sangue de Jesus. O seu tempo, o seu coração e a sua vida valem muito e o único capaz de realmente reconhecer isso é o nosso Amado Senhor. Ele se dispôs a pagar o preço que você realmente vale. E quer te fazer entender que você foi perfeitamente criado, você tem uma função, é único e ninguém pode te substituir. Só vale a pena se entregar para quem sabe o quanto você é precioso. A sua vida só faz sentido aos pés de Jesus, entregue-se a Ele.

 

Repita essa oração com todo o seu coração: Senhor Jesus, eu me coloco diante de Ti com tudo o que eu sou. O Senhor tem visto a minha vida e os conflitos do meu coração, entrego ao Senhor tudo isso. Eu não sei lidar com essas coisas e estou perdido, mas eu sei que o Senhor pode me trazer para a luz da Tua presença e do Teu caminho. Me rendo ao Senhor, fala para mim a Tua verdade, põe um fim nas mentiras de Satanás. Eu quero aprender Contigo sobre o valor da minha vida e entregá-la a Ti, que é único que sabe quão preciosa ela é. Tu és o meu Senhor e o meu Dono. Me ensina a me ver como Teus olhos veem.