“Somente no Eterno espera a minha alma, em silêncio, pois Ele é que me traz a esperança.” (Salmos capítulo 62, versículo 5. Tradução King James Atualizada).

Ver Deus agindo é uma das coisas mais maravilhosas que um cristão pode presenciar. Para uns, isso acontece em raros momentos, epifanias, ou apenas uma vez na vida. Para outros poucos, é uma observação diária e muitas vezes contemplativa de como Deus se manifesta, e nós não percebemos, diariamente para responder uma oração nossa.

Nasci e cresci em um lar cristão, meu pai foi e ainda é, mesmo não morando mais em sua casa, meu pastor e maior exemplo de homem de Deus que eu busco seguir e honrar. Ver Deus agindo milagrosamente na minha vida é algo que acompanha boa parte da minha história, mas não é sobre isso que eu quero falar aqui. Escrevo sobre orações que, às vezes, nem nós mesmos acreditamos que Deus está ouvindo, ou que nós nem mesmo acreditamos que ela será respondida, seja por demora na resposta ou porque nós não percebemos que nas pequenas coisas do dia a dia o Eterno está se movimentando para nos responder.

Em uma das pregações do meu pai para jovens, foi sugerido que fosse criado um caderno de orações para que nós acompanhássemos dia após dia as nossas orações, relatando o que aconteceu desde o dia em que a oração iniciou até que o Pai respondesse, algo como uma espécie de diário. Muitos jovens começaram a ter seus “diários da oração”, outros até começaram e desistiram em algum ponto, eu porém, apesar de impactado com a pregação, nunca fiz o meu, porém, repassei por muitos anos o que aprendi com meu pai para muitos amigos e jovens do grupo que congrego, pois mesmo não tendo meu próprio diário, isso havia me marcado muito. Busquei observar, mesmo sem escrever, o que acontecia após orar e mantinha na memória até que os dias fizessem cair no esquecimento o que eu havia percebido do que Ele tinha feito enquanto eu orava. Vi em vários momentos Deus agindo, mas nunca registrei. Até hoje me pergunto o motivo de nunca ter feito antes.

Recentemente iniciei um relacionamento com alguém que tem me levado constantemente à oração. Em um dado momento do nosso relacionamento decidimos criar nossa lista de oração, coisas que oraríamos juntos todos os dias até Ele nos responder. Organizamos a lista e dividimos os assuntos em várias categorias (sobre nós, nossa família, dia a dia, encargos espirituais e serviços da igreja, e orações por amigos) dividindo-as em colunas, ou listas, com uma coluna em especial, a de Orações Respondidas. Foi a primeira oportunidade que tive de fazer aquilo que ouvi há tantos anos e nunca havia praticado.

A Bíblia nos fala em Mateus 21:22 e Marcos 11:24 que tudo aquilo que pedimos em oração, com o coração crendo que já recebemos, Deus nos concederá. Com esse sentimento, oramos todos os dias, em tudo que pedimos eu cri que o Senhor nos daria, e quão maravilhosa e grata surpresa tem sido ver o Eterno todos os dias aumentando os itens na coluna Orações Respondidas. Depositamos nossa fé e nossos corações nisso, e temos visto em pequenas coisas do dia a dia, ações que passariam desapercebidas, o Senhor movendo cada peça de seu espetacular quebra-cabeças chamado universo em prol de nossas orações coletivas e individuais. Coisas que, às vezes, pareciam não se relacionar com o que foi pedido, acontecendo e mais na frente perceber que aquilo foi importante para vermos a resposta do Altíssimo nas orações feitas. Tenho experimentado o amor do Pai, sua graça Celestial, e visto mais claramente Ele agindo todos os dias quando oro. De coisas simples às mais profundas, ter feito esta lista de oração e registrado como Deus tem agido, faz com que eu ame cada vez mais o meu Deus, e me possibilita ser grato a Ele de uma forma mais íntima, pois tenho sentido e principalmente visto, independente da resposta, que a vontade Dele tem prevalecido e ela é maravilhosa.

Espero que com este texto você também possa criar sua lista de oração e, por meio dela, também apreciar o Criador e grande Arquiteto do universo se mover em prol de você! Você que é criatura Dele, e também filho. Registrar e acompanhar as orações te permitirá ver que Ele jamais Se esquece de você, que Ele te ouve sempre, e nunca deixa de te amar e te responder, pois somos nós que não O observamos agindo a todo o tempo. Rogo, de coração, que ao ler essa experiência até o final, você possa ter um momento de oração, e quem sabe iniciar em breve seus registros, vendo os passos de Deus e o Seu poder agindo todos os dias depois que você ora.

 

Deixe seu comentário