Em 1 Coríntios 1. 27-28 (NVT) está escrito:Pelo contrário, Deus escolheu as coisas que o mundo considera loucura para envergonhar os sábios, assim como escolheu as coisas fracas para envergonhar os poderosos.  Deus escolheu coisas desprezadas pelo mundo, tidas como insignificantes, e as usou para reduzir a nada aquilo que o mundo considera importante”. Neste texto vamos ver como Deus usou Davi para envergonhar os filisteus e como Ele deseja por meio de Seu poder usar você para realizar grandes coisas. 

Certamente você já deve ter ouvido sobre a luta de Davi e Golias. Este era um gigante filisteu que desafiou os exércitos de Israel. Na Palavra vemos que todos os soldados israelitas estavam atônitos e apavorados com Golias, e que durante 40 dias ele se posicionara para enfrentar um soldado, mas ninguém tinha coragem de ir enfrentá-lo (1 Samuel 17:8-11. NVT). Caro leitor, aqui está o primeiro ponto-chave para viver o impossível: quando se trata de enfrentar algo aparentemente impossível, não são os possíveis e nem os prováveis que irão resolver o problema. Os soldados mais fortes e mais bem preparados estavam escondidos, com medo e apavorados. O rei Saul já havia oferecido riquezas, isenção de impostos e até mesmo a mão de sua filha em casamento para quem conseguisse derrotar os filisteus, porém não eram bens e posses que fariam com que os homens estivessem preparados, mas sim, o Senhor de Israel.

Em meio a isso, Jessé, pai de Davi, ordenou que ele levasse comida para seus irmãos no acampamento (1 Samuel 17:17 NVT). Chegando lá, Davi avistou e ouviu o gigante fazendo afronta ao exército de Israel e no mesmo instante começou a indagar os soldados sobre Golias, perguntando como alguém pode ousar desafiar os exércitos do Deus de Israel. E de repente, ele foi convocado por Saul. Quando chegou na tenda do rei, Saul deve ter pensando: “mas por que esta criança está no campo de batalha?”. Davi já havia adotado uma postura de escolhido por Deus, estando disposto a ir à batalha e lutar (1 Samuel 17:32), só que ninguém acreditou nele. Davi não confiava em si mesmo, mas no Senhor, pois disse que Ele o livraria do gigante filisteu (v. 37). E aqui está o segundo ponto-chave: não confie na sua própria capacidade, mas dependa do Senhor!  Se é algo da vontade do Senhor, quando você pensar que não consegue, lembre-se que Ele consegue. Se é algo de acordo com o propósito Dele quando você pensar que não vai dar certo, Ele vai fazer dar certo. Para viver uma vida de impossibilidades é necessário depender e confiar no Senhor. Quando você compreender que não depende de você, que você não consegue fazer as coisas, que não é pelo seu talento ou força, e entregar tudo nas mãos de Deus, aí sim você estará pronto para ser usado pelo Altíssimo. Ele supre o que precisamos para realizar as obras às quais Ele nos chama.

Muitos de nós, em algum momento da vida cristã, já pensamos no porquê de Deus ter nos escolhido. Olhamos para nós mesmos, vemos tantos defeitos e falhas e falamos: “Senhor, fulano é melhor. O que você viu em mim?”. Quando olhamos para Davi, vemos exatamente isso: milhares de soldados capacitados, mais bem preparados, mas o Senhor escolheu Davi. Quando foi para o campo de batalha, Davi já havia sido ungido por Samuel e escolhido para ser rei de Israel (1 Samuel 16:13). Davi entendeu que a palavra de Deus nunca falha e que o gigante não impediria o propósito de Deus para sua vida. O mundo pode falar que você é fraco, louco, que não é ninguém, que ninguém gosta de você, mas nada pode derrubar a palavra de Deus, e se alguém vai contra o que Deus falou ou escolheu, simplesmente não vai dar certo! Chegará uma hora em que você terá que escolher: ou viver o impossível, mas que Deus determinou, ou viver o que o mundo determinou dentro das possibilidades, mesmo não chegando nem perto do que Deus já preparou para você.

Davi escolheu viver o impossível. Tentaram colocar armadura, um capacete de bronze e uma espada, mas ele mal  conseguia andar com tudo isso (1 Samuel 17:38). Davi estava acostumado a depender do Senhor e a confiar Nele e não em armaduras feitas por homens. Então, decidiu tirar todas essas coisas e foi a um riacho, onde pegou cinco pedras lisas e partiu ao encontro do gigante (v.40). Disse a Golias que o derrotaria e  que toda a terra saberia que havia um Deus em Israel (v.46). Golias partiu pra cima de Davi, que colocou uma pedra na atiradeira e acertou a cabeça do gigante. Este caiu e Davi arrancou sua cabeça com a própria espada do gigante (v.51).

Uma chance de viver o impossível está a uma entrega de distância. Para encerrar, lembre-se do que diz o  Salmo 37.3-5: “Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado. Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará” (NVT). Se nos deleitamos no Senhor, temos prazer em conhecer Sua vontade e entregamos nosso caminho a Ele, apesar das circunstâncias contrárias, nossos desejos serão concedidos, afinal, estarão de acordo com os Dele. Davi confiava no Senhor, e cria que todas as suas forças vinham Dele, entregou seu caminho ao Senhor e pode experimentar a capacitação que Seu poder traz. 

Viva uma vida impossível para o mundo, mas possível para o Senhor. 

Colaboração enviada por Pedro Araya.

Deixe seu comentário