“Você está preparado para o fim?” é um livro de Ezra Ma, composto por seis capítulos que falam sobre a volta do Senhor Jesus e como podemos nos preparar para ela. São eles:

  1. O mistério da iniquidade;
  2. Imunizados com a palavra de Deus;
  3. Cuidar da consciência;
  4. O tempo do fim (1);
  5. O tempo do fim (2);
  6. A vinda do Senhor.

Esse livro nos ajuda a não viver de maneira passiva, nos leva a conhecer as verdades de forma mais profunda e a não sermos enganados pelos ensinamentos do mundo pós-moderno. Tais ensinamentos possuem o objetivo de  moldar sua mente e suas atitudes, a fim de servir o deus deste século (cf. 2 Co 4:4).

Logo no ínicio do primeiro capítulo, o autor, de forma bem clara, expõe a ação do mistério da iniquidade (2 Ts 2:7), demonstrando o cenário atual mundial, com seus acontecimentos e cumprimento de profecias. Ele ainda ressalta a importância de estarmos atentos e atualizados sobre os acontecimentos em escala mundial, principalmente ao que ocorre em Israel. 

É extremamente importante que nós, como cristãos, não estejamos alheios aos sinais da vinda de nosso Senhor Jesus. Isso não significa que devemos parar nossa vida, deixar de fazer planos pessoais e profissionais, mas que, ainda que estejamos aqui na terra, fazemos parte de um reino celestial e nosso foco é estarmos com o Senhor, pois Sua vinda está próxima e nos resta pouco tempo para nos prepararmos.

“(…) iniquidade significa a ausência de equidade, a ausência de lei” (p. 11).

E, de fato, não é o que temos visto nos dias atuais? Uma sociedade que já não tem mais referência do que é certo ou errado, onde cada um age conforme seus próprios interesses? É certo que o mistério da iniquidade quer, cada vez mais, tornar as mentes insensíveis à palavra de Deus e multiplicar seus feitos como se fosse algo normal. O autor descreve isso muito bem quando compara a iniquidade a um vírus. Veja:

“A iniquidade é como um vírus que se instala em pessoas com baixa imunidade espiritual e se multiplica, levando-as à destruição” (p. 16).

Agora, toda vez que noto algo se instalando na sociedade de forma nociva e com intuito de afastar as pessoas da palavra Deus, percebo que é a iniquidade atuando como um vírus que se multiplica de forma rápida e que sempre pode sofrer mutações à medida que ocorrem as constantes mudanças na sociedade.

Ezra também enfatiza a importância de termos a Bíblia como base e referência. Uma das coisas que o mundo pós-moderno quer é passar a imagem de que ela é antiquada, ultrapassada, que não se deve usá-la como uma parâmetro atual, devido aos avanços da sociedade. E é o que vemos nestes últimos tempos com a pós-modernidade. Suas ideologias parecem boas, justas e aparentam sabedoria, mas, na verdade, concebem ideais totalmente contrárias à palavra de Deus, e são nesses pontos que muitos cristãos têm sido enganados.

O distanciamento da palavra de Deus acarreta um sério descaso do conhecimento da verdade, e é essencial manter um viver diário de leitura da palavra, para que conheçamos o que agrada ou não a Deus, e como Ele pensa a respeito de cada assunto tratado nos dias atuais.

Ao longo dos capítulos, o autor revela quais são os sinais que precedem a volta de Jesus. A apostasia é um desses sinais. Do grego apostasia, essa palavra significa afastamento, abandono, renúncia, deserção, desvio, rebelião, ou seja, no dado contexto, implica a renúncia e o abandono da fé. Ela não ocorrerá de uma só vez, mas aos poucos as pessoas vão perder a Bíblia como referência e/ou adaptar os textos dela às suas necessidades e conforme suas vontades, até que não haja mais consideração por ela (cf. 2 Tm 4:3-4). 

Precisamos estar atentos e revestidos da palavra de Deus para que, quando surgirem assuntos contrários a ela, possamos combater as mentiras em forma de verdade. Em especial, os jovens devem se dedicar bastante à palavra, uma vez que são os mais tentados. Um dos ambientes nos quais as tentações mais surgem são as universidades. Elas podem influenciá-los de forma bastante recorrente com todo tipo de ensinamentos contrários à Bíblia, pois, por vezes, suas mentes ainda são mais maleáveis para aceitar certos ensinamentos em forma de sabedoria humana. 

Quanto mais conhecermos a Palavra de Deus e a tomarmos como nossa referência, mais saberemos como discernir o que provém da verdade ou não. Assim poderemos nos apresentar como alguém que maneja bem a palavra da verdade (2 Tm 2:15).

Sobre a falta de referência, veja um exemplo: sabemos que estará frio se a previsão do tempo indicar que a temperatura será de 5ºC, ou quente se indicar que será de 40ºC. Isso porque temos como referência a escala Celsius (ºC). Agora, se a temperatura for dada na escala Fahrenheit, os brasileiros poderiam se preparar para uma temperatura de 20ºF, por exemplo? Provavelmente não, pois a maioria não tem essa escala como referência (nessa escala, 20ºF equivale a 6,6ºC negativos). Tendo a palavra como nossa referência, reagiremos espontaneamente de acordo com seus princípios e não seremos alvos fáceis para a ação do mistério da iniquidade. 

“Sem o fundamento das verdades bíblicas, seremos iludidos por qualquer ideologia” (p. 40).

O livro “Você está preparado para o fim?” nos revela o antídoto para combater a iniquidade. E consegue transmitir a urgência de apressarmos a volta do Senhor Jesus, de não sermos enganados, de como podemos reconhecer se amamos ou não a volta do Senhor, se estamos preparados para ela. Em cada capítulo somos levados a tratar com mais seriedade Sua volta e a mudar nossa condição e disposição. É uma leitura encorajadora e envolvente, em que o autor também compartilha suas experiências de vida, nos incentivando a prosseguir firmes e convictos de quem é o Senhor para nós e a amar Sua volta.

O livro pode ser adquirido neste link.

Ficha técnica

Autor: Ezra Ma

Páginas: 128 págs 

Editora Árvore da Vida

Deixe seu comentário