Qual o universitário que nunca disse a si mesmo: “É, eu devia ter estudado com antecedência”. Tantas provas, trabalhos, fichamentos, seminários e o pouco tempo para estudar resultam em um sentimento: ansiedade.

Ansiedades e medo das provas

Ela aparece sutilmente, como vozes na sua cabeça dizendo: “Será que estudei o suficiente?”, “O que o autor quis dizer naquele artigo científico, mesmo?”, “Acho que esqueci como calculava aquela integral!”.

Sentir um “frio na barriga” antes de fazer qualquer coisa que nos desafie é algo completamente natural, porém, se esse “frio na barriga” evoluir para algo que afete seus estados físico e psicológico, então é hora de se preocupar.

O Que Fazer Quando Estamos Ansiosos

A questão é: o que fazer quando estamos ansiosos? À luz de alguns versículos da Bíblia vemos a solução. Filipenses 4:6 começa com a seguinte frase: Não andeis ansiosos de coisa alguma;”.

Jovem, o Senhor tem o controle de todas coisas e Ele nos diz para não andar ansiosos porque este sentimento nos faz duvidar do real cuidado que Ele tem para conosco. Quando estamos ansiosos com algo é porque ainda não entregamos isso nas mãos de Deus para que Ele possa cuidar. E o versículo continua: em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.”.

Você já orou por alguma prova, trabalho ou seminário? Se a sua resposta foi não, é uma boa ideia começar! A melhor maneira de tratarmos com ansiedade antes das provas (além de estudar com antecedência, é claro) é entregar o fim de semestre em oração para o que o Senhor possa abençoá-lo.

O Senhor vai abençoar as suas ações, porém você precisa orar e se esforçar para dominar a matéria da prova.  Não deixe a ansiedade te consumir.

lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.” (1 Pe 5:7).

Além disso, tenha momentos para relaxar. Faça um exercicio físico, toque um instrumento, leia, escreva, procure algo que te faça relaxar para diminuir a pressão e tranquilizar a mente.

Ansiedade pelas muitas ocupações

2 Cronicas 20:12 diz: “…Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti.”

Este versículo mostra o povo de Israel perdido e desamparado. Os inimigos se aproximavam e tudo parecia estar fora de controle, o povo tinha tudo para permanecer ansioso e desesperado. Porém, eles declararam a sua fraqueza e incapacidade de saber o que fazer. Só havia uma saída: firmar os olhos no Senhor, porque Ele, e somente Ele, sabe o que fazer!

No versículo 17, o SENHOR concede um alento: “Neste encontro, não tereis de pelejar; tomai posição, ficai parados e vede o salvamento que o SENHOR vos dará, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o SENHOR é convosco”.

Certas vezes, em meio a correria e a agitação, Deus deseja que fiquemos parados para ver o livramento que Ele irá nos dar. Não estamos falando para você não estudar (risos), veja bem! Mas a lição que tiramos é que não existe motivo para nosso coração se desesperar, temos que tomar posição, isto é, dobrar nossos joelhos enquanto estudamos, orar por cada colega de sala e professor, pedir a Deus calma e serenidade para se organizar.

Permanecer parados, atentando para a voz do Senhor. E ao marchar, ao sair para a batalha, observar o livramento que o Senhor nos concederá! Amigo universitário, não temas, nem te assustes, porque o SENHOR é contigo!

Medo do fracasso

“Sofrer por antecipação”, como alguns dizem, não faz sentido real. Seja por uma expectativa ruim ou pela lembrança de já se ter falhado no passado. Em momentos de pressão, é necessário pensar e se organizar, mantendo emoções sob controle.

Podemos orar pedindo ao Senhor a capacidade de pensar de maneira objetiva nesses momentos, vivendo o presente. Com fé nele, somos capacitados a seguir seu mandamento de não nos inquietar pelo dia de amanhã, “pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal” (Mt 6:34). É também por confiar nele que esquecemos as tristezas de más experiencias do passado e simplesmente fazemos o que precisa ser feito no momento.

Quanto a isso, também é preciso não se cobrar demais, não criar expectativas exageradas. Como falamos anteriormente, é preciso conhecer suas limitações.

O Deus que te fez entrar na faculdade é o mesmo que te conduzirá até a conclusão dela. 

Não perca a fé se tudo parece difícil é se os resultados não correspondem aos seus esforços. Há testemunhos de pessoas que, por conta de diversas situações, tiveram atrasos em sua graduação, mas tudo foi se organizando e o Senhor as tem abençoado.

Dicas práticas

1) Lidando com a Ansiedade e o Stress

É importante encontrar formas de aliviar a pressão e conseguir energia.  Em vista disso, nós deixaremos aqui algumas dicas para lidar com a ansiedade e o stress:

  • Exercitar a fé no Senhor a cada dia, renovando-a e fazendo-a crescer.
  • Não se pressionar demais, nem criar expectativas exageradas
  • Ter boas amizades com os colegas, que estão passando pela mesma situação e podem ajudar.
  • Anotar tarefas em um caderno (ou usar aplicativos de organização do tempo), para diminuir a ansiedade e ajudar a se organizar melhor. Sempre que você lembrar de algo que tem que fazer, mas não tem tempo no momento, anote para ver mais tarde. Isso te ajudará a não se esquecer das atividades e a não ter que ficar preocupado lembrando delas enquanto está em outras ocupações.

Também é preciso separar tempo para descanso, com atividades como, por exemplo:

  • Estar com os amigos;
  • Escrever;
  • Cantar hinos;
  • Tocar um instrumento;
  • Contemplar a natureza;
  • Praticar esportes;
  • Assistir a um filme ou um ou dois episódios de uma série;
  • Ler algo sobre um assunto diferente do que se está estudando.

2) Lidando com a Procrastinação

Além disso, é preciso lembrar que a procrastinação é uma grande inimiga da eficiência em qualquer tarefa. David Allen, autor do livro Getting Things Done, apresenta a “regra de 2 minutos” que pode ser de grande ajuda para evitar esse tipo de atitude. A regra consiste em duas partes:

  • Parte 1: Se alguma tarefa demorar dois minutos ou menos, faça-a imediatamente. (Enviar um e-mail, fazer uma edição rápida em um texto, arrumar a cama ou lavar uma pequena peça de louça que sujou antes de sair de casa, são alguns exemplos).
  • Parte 2: Se for algo que demore mais tempo, dê um “primeiro passo” que demore dois minutos ou menos (organizar o que você terá de estudar para a prova da próxima semana, por exemplo).

Nós, universitários do Eu Vos Escrevi, esperamos que estes textos tenham te ajudado de alguma forma a lidar com o drama do final de semestre. Gostaríamos também de recomendar este vídeo sobre a luta contra a ansiedade. Confie no Senhor e estude, Ele é contigo!

Você tem mais dicas para lidar com o fim de semestre? Conte-nos pelos comentários! Que o Senhor nos abençoe nos estudos!

Fim de semestre (1) – À beira de um colapso, porém vivos

Deixe seu comentário