Querido leitor, espero que seu coração fique plenamente alegre neste momento. Para todos que estão acompanhando esta série e conhecendo mais da vida de Deus, estamos trilhando um caminho juntos de crescimento nesta vida e hoje convido você a se encher da alegria vitoriosa que jamais cessará.

Vamos começar com um exemplo. Pense em alguém cantando perto de você com palavras corretas, mas no tom musical errado. É um pouco estranho e bem ruim, não é? Logo, podemos dizer que não basta apenas que as palavras estejam corretas, mas o tom musical também precisa estar. E neste texto veremos o significado do “Tom da Vitória”.

Para explicar melhor, há um versículo em Salmos que nos diz: Nós nos alegraremos pela tua salvação e, em nome do nosso Deus, arvoraremos pendões; satisfaça o Senhor todas as tuas petições” (Sl 20:5). Essas são as palavras que vão compor nossa música de vitória, a música que expressará o nosso viver a partir do momento em que cremos no Senhor Jesus como nosso Salvador.

Em um time de futebol, ainda que apenas um jogador faça gol, todo o time faz parte da vitória. Nossa vida é algo parecido. Cristo já marcou o gol que rendeu a vitória para todos nós. E gloriar-se nela é a nossa obra, a nossa alegria. Assim como os outros atletas e torcedores comemoram, festejam e gritam, nós também devemos comemorar o sacrifício de Jesus na cruz por nós. A vitória já foi consumada e ela ainda prevalece. Mesmo depois de tanto tempo, nós podemos nos gloriar nela todos os dias, pois ela continua, mesmo quando o jogo acaba, assim como o time não perde o título quando termina o campeonato.

Josafá: Um rei com olhos postos no Senhor

No Antigo testamento houve um rei em Judá cujo nome era Josafá (2 Cr 20). Naquela época, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns Meunitas, vieram declarar guerra contra Josafá (vs 1) e o reino de Judá estava enfraquecido para lutar. Josafá temeu, pois quando os inimigos viessem, certamente ele nada poderia fazer. Porém ele era um homem temente a Deus e não recuou, mas se pôs a buscar ao Senhor e pedir Sua orientação, ordenando um jejum em todo reino de Judá para ouvir a voz de Deus (v. 3).

“Ah! Nosso Deus, acaso, não executarás tu o teu julgamento contra eles? Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti”. (2 Cr 20:12)

Ele reconheceu sua impotência e os seus olhos estavam postos no Senhor. Esse versículo nos mostra mais uma vez que precisamos nos render aos cuidados do Senhor e compreender que não conseguimos alcançar a vitória por nós mesmos. Precisamos crer que Deus vai à frente das batalhas por nós. Foi o que Josafá fez quando reconheceu que não tinha força e, tampouco, sabia o que fazer. Deus ouviu o seu clamor e imediatamente enviou o profeta Jaaziel, que lhes disse:

“Dai ouvidos, todo o Judá e vós moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá, ao que vos diz o Senhor. Não temais, nem vos assusteis por causa dessa grande multidão, pois a peleja não é vossa, mas de Deus”. (2 Cr 20:15)

Deus quer que nos voltemos a Ele e entreguemos as nossas batalhas, lutas e conflitos diários. Tudo deve estar nas mãos de Dele, precisamos deixar que Ele vá a frente da guerra, pois uma pessoa que confia em Deus não precisa suportar tudo sozinha. Josafá não apenas permaneceu firme observando a batalha, mas se inclinou para adorar a Deus logo depois de escutar as palavras do profeta. Ele obedeceu e todo reino também se prostrou diante do Senhor e O adoraram, louvaram ao Senhor vestidos de ornamentos sagrados diante do exército (v. 21). Eles não temiam as pedras, as flechas e as espadas, mas cantavam louvores a Deus. Esse é o tom da vitória. Eles já sabiam que o Senhor os havia feito vitoriosos, os inimigos já estavam derrotados. E como resultado, no momento em que começaram a cantar e louvar, o Senhor trouxe confusão sobre os exércitos de Amom, Moabe e do monte de Seir, e eles começaram a lutar entre si até que todos pereceram.

“Vós outros que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo. Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória.” (1 Pe 1:5-8)

Precisamos da graça de Deus para expressar a vitória em meio a tantas tribulações. Todo tipo de provação pode nos acontecer, mas nenhuma delas pode nos tirar a alegria. Nossas aflições sucedem por “breve tempo”. Enquanto estivermos na terra, não poderemos evitar que em algumas ocasiões falhemos, mas precisamos nos alegrar por todas elas, “em toda a perseverança e longanimidade; com alegria” (Cl 1:11).

Querido jovem, Deus começa a trabalhar em nossas vidas quando começamos a louvar e ter gratidão, não apenas nos momentos bons, mas também nos de fraqueza. Muitas tentações e provas vêm ao nosso encontro e talvez nos sintamos perdidos quanto ao que fazer e até mesmo derrotados. Assim, estaremos “fora do tom” da vitória escolhida por Deus para nós. Precisamos celebrar nossas lutas diárias com fé e dizer de coração: “Aleluia, graças Senhor, porque estou passando por provas. Sozinho não posso vencer, mas graças a Deus essa vitória já é minha”, em todas estas coisas, porém somos mais que vencedores (Rm 8:37). Josafá cantou porque creu e teve fé antes mesmo da batalha começar e depois dela, para render ações de graças ao Senhor. Ele e todo reino de Judá estavam com olhos postos no Senhor. Hoje não é diferente, precisamos ter fé que o Senhor tem a vitória para cada um de nós, precisamos entregar nossa batalha nas mãos Dele!

“Rendei graças ao Senhor, porque a sua misericórdia dura para sempre”. (2 Cr 20:21)

Texto inspirado no capítulo 10 do livro A Vida que Vence, de Watchman Nee. Citações do mesmo livro.

Desconto para compra do livro

Se você está acompanhando a série “A Vida que Vence” e ficou interessado em ler o livro, então vai gostar de saber que conseguimos um desconto de 20% junto à Editora dos Clássicos! Basta acessar o link ao final do post e ao concluir a compra digitar o código do cupom que é EVESCREV2018. Corre e aproveita logo, o desconto é válido até o dia 15/6 ou enquanto durarem os estoques.

Livro “A Vida que Vence”
Link: http://bit.ly/eveclassicos
Cupom: EVESCRV2018


Textos da Série:
Vencer o pecado é necessário e possível | Série a Vida que Vence (1)
Render-se | Série a Vida que Vence (2)
Crer | Série A Vida Que Vence (3)
A prova da fé – Série a Vida que Vence (4)
Um Caminho de Crescimento | Série a Vida que Vence (5)
Alegrai-vos Sempre no Senhor | Série a Vida que Vence (6)
Consagrar-nos totalmente Senhor | Série a Vida que Vence (7)

 

Deixe seu comentário