Namoro Cristão.

No momento de sua morte, em meio às palavras finais, o segundo e o terceiro conselhos de Davi para Salomão envolviam a prática da palavra de Deus (1 Rs 2:3-4). Guardar a palavra de Deus tem vários significados na Bíblia: preservar, valorizar, honrar, ter como referência. Guardar a palavra também significa praticá-la. Quando o reino foi entregue a Salomão, seu pedido de sabedoria, para conduzir o povo a partir da palavra (2 Cr 1:7-12), agradou tanto a Deus que tudo o mais que um rei deveria ter lhe foi acrescentado: fama, dinheiro, vitórias. Contudo, com o passar do tempo, apesar de conhecer as escrituras, Salomão se envolveu com várias mulheres e acabou desagradando ao Senhor.

2 ERROS FATAIS NO NAMORO CRISTÃO EXTRAÍDOS DA VIDA DE SALOMÃO

Salomão escolheu mal, diante de todo conhecimento que Deus havia lhe concedido, ele não conseguiu praticar um dos mandamentos básicos que era de não misturar-se ou ter relacionamentos amorosos com pessoas que não faziam parte do povo de Deus (1 Rs 11:2).

Este mandamento foi colocado por Deus desde o momento em que o povo adentrou a terra de Canaã (Dt 7:3-4). Essa regra se aplicava a Salomão porque ele fazia parte da nação de Israel. Os filhos e filhas de Israel não deveriam se casar com os filhos dos povos que habitavam a terra, porquanto isso faria com que se afastassem de Deus e adorassem deuses pagãos, o que aconteceu com Salomão (1 Rs 11:4-8), levando Deus a indignar-se contra ele e tomar a decisão de retirar e dividir o reino de Israel (1 Rs 11:9-13).

Além disso, vemos que Salomão não conseguiu ser fiel a uma só mulher durante toda a sua vida, transgredindo suas obrigações como rei, as quais incluíam não multiplicar mulheres para si (Dt 17:17). Durante seus anos de vida, ele se relacionou com 1001 mulheres: a filha de Faraó, rei do Egito (1 Rs 3:1; 11:1), 700 princesas e 300 concubinas, as quais lhe perverteram o coração (1 Rs 11:3), sendo muitas delas estrangeiras (1 Rs 11:1).

Diante dessa história, temos que ter duas coisas bem claras em nossa mente: a primeira é que Deus deseja que cada um de nós seja fiel a uma só pessoa durante toda a nossa vida; e a segunda é que Deus espera que ela não seja estrangeira. Essas são as duas lições que Salomão, o maior “pegador” da Bíblia, ensina a partir de dois erros fatais de seus relacionamentos amorosos e que serão melhor explicadas a seguir. Leia até o final, vale a pena!

LIÇÃO 1 SOBRE NAMORO CRISTÃO: SER FIEL A UMA SÓ PESSOA

No antigo testamento, o padrão originalmente fixado por Deus foi de Adão e Eva, uma única mulher feita para um único homem (Gn 2:24). Adão e Eva foram o primeiro casal, monogâmico, criado por Deus, o que revela que a vontade de Deus é expressa na fidelidade a uma única pessoa. Mas e quanto à poligamia presente no Antigo Testamento? Sobre o assunto, recomendamos ler o texto que você encontra ao clicar aqui, o qual explica que se tratava de uma exceção ao padrão e que era tolerada por Deus, representando o exercício de sua misericórdia durante uma antiga dispensação.

Veja, estou falando sobre poligamia aqui para deixar claro que o envolvimento de uma pessoa com várias outras nunca fez parte do plano de Deus. Similarmente, o “ficar” com várias várias hoje em dia é algo que nunca foi contemplado no plano de Deus. Por que é assim? Porque Deus deseja um relacionamento entre homem e mulher em que exista compromisso e fidelidade. Isso não ocorre nos relacionamentos de uma noite, que são passageiros, não deixam nomes na memória e transformam pessoas em números.

No novo testamento, tempo em que estamos vivendo e que possui orientações divinas que devem ser seguidas por nós, percebe-se claramente que o homem deve deixar pai e mãe e se unir à sua única mulher e não mais de uma mulher (Mt 19:4-6; Mc 10:7-8; 1 Co 7:2). Além disso, os servos de Deus devem ser irrepreensíveis e esposos de uma só mulher (1 Tm 3:2, 12; Tt 1:6). Ou seja, com a vinda de Cristo, o padrão de um único homem e uma única mulher foi plenamente restaurado. Monogamia e fidelidade a uma única pessoa são regras que valem para todos nós.

Resumindo, ser fiel a uma só pessoa é algo bíblico. Devemos preservar nosso corpo e evitar as experiências de namoro antes da hora.  Sair “ficando” e namorando várias pessoas, não é a melhor escolha que você pode fazer. Isso é algo que Deus condena. “Ficar” é pecado e traz problemas sérios. Escolher a pessoa errada e ser a pessoa errada traz implicações negativas para sua vida emocional e espiritual.

Jovem, acredite, pior que ouvir seus (suas) colegas falando sobre as meninas (os) que estão namorando, antes do tempo designado por Deus, é ter que levar o peso de um relacionamento que não deu certo. As escolhas erradas te fazem conviver com cicatrizes, que te levam a pensar que você é incapaz de ser amado por alguém.

Garota, esse é o tempo de proteger seu coração das promessas vazias que o pequeno galã te faz. Garoto, não se deixe levar pela beleza e simpatias da menina mais linda. Preservem-se e aguardem o tempo certo.

LIÇÃO 2 SOBRE NAMORO CRISTÃO: DEUS ESPERA QUE ELA NÃO SEJA ESTRANGEIRA

Deus espera que ela não seja estrangeira é o segundo ponto que deve ficar claro. Não é o propósito de Deus que coloquemos alguém em nossa vida que impeça de desfrutarmos Sua presença ou de servi-Lo. Deus não deseja que aconteça conosco, o mesmo que aconteceu com Salomão, afinal, como lhe disse no início desse texto, ao final da vida de Salomão, sendo velho suas mulheres perverteram seu coração e o fizeram servir outros deuses (1 Rs 11:3-4).

Por essa razão Deus nos adverte: não devemos nos colocar em jugo desigual (ler 2 Co 6:14-18). Desigual quer dizer diferente, que implica uma diferença de espécie. Isso se refere a Dt 22:10, que proíbe pôr sobre o mesmo jugo dois animais de espécies diferentes (temos um texto anterior dedicado ao assunto, clique aqui para ler).

O motivo é simples: ambos sofreriam, não haveria conforto para nenhum e os dois sairiam machucados de um relacionamento que não foi escrito por Deus. Quando um cristão e um incrédulo se relacionam esse é o resultado: sofrimento, desconforto e machucados. É pouco provável que haja uma relação justa e adequada entre eles. Por mais aparente que seja a afinidade, o relacionamento entre cristão e incrédulo sempre será ganhar-perder, e quem perde, na maioria esmagadora das vezes, é o cristão.

Garoto e garota, tenham a visão que Deus tem sobre o relacionamento. Deus não deseja que vocês encontrem um incrédulo que impeça toda a sua vida espiritual.

Garota, o desejo de Deus é que você tenha um homem que lhe ame assim como Cristo amou a igreja e que tenha mesma disposição de dar a vida por você (Ef 5:25, 28).

Garoto, o desejo de Deus é que você ache uma mulher que lhe seja uma auxiliadora idônea, que o honre, ajude e dê suporte em todas as suas decisões (Gn 2:18).

NAMORO CRISTÃO?! NOVINHOS, ESTE NÃO É O MOMENTO DE PENSAR NISSO…

Vale lembrar: se você é novo demais, este não é o momento de pensar nisso. Esse é o momento de investir sua energia nos estudos e em conhecer, crer e praticar a palavra. No tempo certo, quando você tiver a maturidade certa, a pessoa certa irá aparecer, você vai gostar dela e, em Deus e junto com os irmãos, vocês desenvolverão respeito e amor, que resultará em seu casamento.

Quanto à maturidade, é bom que ela seja:

  • Espiritual: significa possuir um relacionamento verdadeiro, obediente e intenso com Deus, onde sua intimidade com Ele existe e você consegue ter discernimento a respeito da direção de Deus para sua vida através de sua unção em você (1 Jo 2:27). Isso é necessário porque para começar um relacionamento você precisa ter certeza na forma de paz completa em relação à sua decisão (Cl 3:15).
  • Humana: para os homens, significa estar pronto para deixar pai e mãe, o que implica em ser responsável, ter a capacidade de tomar decisões por si próprio, possuir discernimento e ser capaz de se sustentar (Mt 19:4-6; Mc 10:7-8; 1 Co 7:2). Para as mulheres, significa seguir o padrão da mulher virtuosa de Provérbios 31 (o texto que você encontra ao clicar aqui pode ajudar bastante a entender isso).
  • Emocional: significa ser estável ao ponto de conseguir manter o relacionamento firme mesmo diante de emoções negativas e ser flexível para se adaptar às diferenças do outro, tornando concreta a ideia de compromisso para a vida toda.

Agora… volto a repetir, querido jovem, se você é novinho, saiba: este não é o tempo para você se relacionar. Por mais que a pessoa que está ao seu lado seja aquela que você considera certa, é melhor esperar o tempo certo, porque a coisa certa na hora errada é a coisa errada!

Se você possui maturidade espiritual, humana e emocional, então, tenho apenas uma coisa a dizer: seja mentorado por algum irmão mais velho e maduro que possa orientar você. Esses são princípios que nos guardam para ter um relacionamento próspero em Deus: paz pessoal, aprovação da sua família e dos irmãos da Igreja.

E SE EU JÁ ESTOU NAMORANDO E NÃO SEGUI NADA DO QUE VOCÊ DISSE ACIMA?

Se você começou um relacionamento sem agir com transparência com sua família e seus líderes espirituais, saiba, Deus é misericordioso o suficiente para permitir que os futuros passos do seu namoro sigam na direção correta.

Errar é humano. Provavelmente, você não será o primeiro, nem o último a passar por isso. Portanto, abrace o perdão de Deus em relação às falhas da cometidas. Você já ficou com várias pessoas? Confesse seu erro para Deus e Ele será fiel e justo para te perdoar (1 Jo 1:9). Depois disso, mude de atitude, pois sua mudança é o que irá garantir seu sucesso, uma vez que confessar e deixar é o que nos garante a prosperidade (Pv. 28:13).

Se você namora alguém que não é cristão, então você está em uma situação de jugo desigual. Neste caso, recomendo que você leia esse texto aqui para saber como lidar com essa situação.

Lembre-se que, sozinho, é difícil fugir dessas coisas, por isso é importante sempre estar junto daqueles que, de coração puro, invocam o Senhor (2 Tm 2:22). Esteja junto dos irmãos que podem te ajudar.

O NAMORO CRISTÃO DOS SONHOS DE DEUS

Acredito que Deus reservou o melhor para você e para mim, no entanto, se nós sairmos arrastando a rede neste vasto mar, vamos com certeza pegar muito entulho. Eu quero viver o namoro dos sonhos de Deus, e você?

Lembre-se dos princípios que vimos na história de Salomão, eles serão importantes para você ter sucesso:

  • casamento é para ser fiel a uma única pessoa por toda vida; e
  •  Deus espera que essa pessoa não seja estrangeira.

Por fim, lembre, em caso de dúvidas sobre namoro procure o seu pastor ou o seu líder cristão, pois as orientações dele são as mais certeiras, valiosas e prevalecentes em relação a esse assunto.

Quer saber mais sobre namoro cristão, tempo de espera e ficar? Veja os textos já publicados sobre o assunto aqui no site:

Deus te abençoe!

Atenciosamente,

– Vitão.

Deixe seu comentário