Chegamos ao fim da Série O Poder que Liberta. Vimos os meios por intermédio dos quais Deus concede libertação poderosa das diversas formas de prisão que oprimem o ser humano. Seja pecado, morte, mundo, apatia, incredulidade, acusação ou um coração impenitente, Deus provê o que precisamos para vencer tudo o que nos impede de viver em Sua liberdade. No último texto da série, falaremos sobre o poder que liberta da desmotivação.

O Poder que Liberta da Desmotivação

Uma das definições para motivação é a ação direcionada a um objetivo. Logo, desmotivação é não agir por não possuir um alvo. Infelizmente, os desmotivados acabam abandonando a fé (1 Tm 4:1) e desistem no meio do caminho.

Jovem, o poder que liberta da desmotivação é a experiência pessoal com Deus que vai levá-lo a ter uma visão espiritual e um propósito bem definido.

Foi assim com Abraão. Em um primeiro momento, Deus apareceu para ele e ordenou que saísse da Mesopotâmia e fosse para Canaã (At 7:2-3). Contudo, ainda que tivesse recebido essa direção, ele não teve forças para sair sozinho.

Assim, seu pai, Tera, teve de tomar ele e sua esposa e os carregar para fora de Ur dos Caldeus em direção à Canaã (Gn 11:31). Porém, no meio do caminho, provavelmente, Tera perdeu sua motivação e isso os fez ficar na cidade de Harã.

Em um segundo momento, Deus novamente se revela para Abraão e lhe faz a promessa de que a terra de Canaã seria entregue para sua descendência (At 7:4-5; Gn 12:1-9). Nesse momento, Abraão se motiva e sai em direção ao cumprimento da profecia dada por Deus.

Observe: ir para a terra de Canaã era um alvo objetivo, externo e insuficiente para motivar. Ter uma descendência para receber a terra de Canaã era um alvo subjetivo, relacional e suficiente para motivar. Deus é sábio e para nos motivar nos dá a oportunidade de fazer sua vontade e ser abençoados no caminho. Quando tomou para si a direção de Canaã, Abraão abriu a porta da bênção para que Deus posteriormente lhe prometesse uma descendência!

A palavra de Deus é clara: ao buscar em primeiro lugar o reino de Deus, todas as outras coisas nos serão acrescentadas. Abraão buscou primeiro ir para a terra que estava no coração de Deus e depois foi abençoado pela promessa da descendência, a qual ele certamente desejava, pois já estava com 75 anos (Gn 12:4). Jovem, qual será a direção que Deus está dando para sua vida e que certamente resultará em uma bênção pessoal?

Isso não somente aconteceu com Abraão. No Velho Testamento, temos também a história de Ana que pediu por um descendente e prometeu dar-lhe a Deus como um nazireu (1 Sm 1:9-11). O resultado foi que a vontade de Deus de ter alguém santo para fazer uma mudança importante foi atendida. Assim, Ana ganhou um filho, Samuel, e Deus ganhou um profeta que foi responsável pela transição da era dos juízes para a era dos reis.

O poder que liberta da desmotivação é o conhecimento de que nenhuma promessa de Deus falha e que ao buscar Seus interesses, no caminho existe bênção e nossos interesses podem ser realizados, desde que alinhados ao Seu propósito.

Saber que Deus tem uma plano e que nele existem promessas para nossa vida é algo muito motivador. Por isso, mais que simplesmente aguardar uma revelação extraordinária de Deus, tal qual aconteceu com Abraão, podemos fazer como Ana: conhecer a palavra e orar apresentando nossa necessidade e pedir para que seja atendida conforme a vontade de Deus!

Para que isso ocorra é importante nos apegarmos com mais firmeza às verdades ouvidas e permanecermos na direção que elas nos dão (Hb 2:1). Afinal, elas estão repletas da vontade de Deus e de Sua bênção. Logo, jovem, se você quer ser motivado, apegue-se à palavra e tire dela a visão espiritual e o alvo para os quais você prosseguirá! (At 26:19; Fp 3:14).


Desejamos que essas palavras tenham sido úteis para conduzir nossos leitores à verdadeira liberdade, aquela que só encontramos no Espírito de Deus (2 Co 3:17). Deixe seu comentário, diga-nos o que achou. Compartilhe esses textos para que mais pessoas possam ser ajudadas a viver tal liberdade gloriosa. Que Deus nos abençoe!

SÉRIE O PODER QUE LIBERTA:
O PODER QUE LIBERTA DA MORTE E DO PECADO | SÉRIE O PODER QUE LIBERTA (1)
O PODER QUE LIBERTA DA ACUSAÇÃO | SÉRIE O PODER QUE LIBERTA (2)
O PODER QUE LIBERTA DO MUNDO, DA APATIA E DA INSATISFAÇÃO | SÉRIE O PODER QUE LIBERTA (3)
O PODER QUE LIBERTA DO CORAÇÃO IMPENITENTE | SÉRIE O PODER QUE LIBERTA (4)
O PODER QUE LIBERTA DA INCREDULIDADE | SÉRIE O PODER QUE LIBERTA (5)
O Poder que Liberta da Desmotivação | Série O Poder que Liberta (6)

Deixe seu comentário