Quem não tem necessidade de libertação? Profundo é o desejo do ser humano por liberdade e muitas são as coisas que lhes tentam escravizar. Talvez você se sinta preso pelo pecado, ou aterrorizado pela morte. Talvez se sinta limitado pela desmotivação, ou fraco por causa da incredulidade. Nesta série, queremos apresentar a você Aquele que pode nos fazer realmente livres: o Filho de Deus, Jesus Cristo (Jo 8:36).

Nossa inspiração foi a Conferência de Jovens realizada na Estância Árvore da Vida, em julho deste ano, com o tema  “O Poder que Liberta”. Desejamos compartilhar palavras de esperança e auxílio para que, em Cristo, possamos ser libertos das diversas formas de prisão que oprimem o ser humano, inclusive os filhos de Deus. No primeiro texto da série, conheça o poder que liberta do pecado e da morte.

A Bíblia se refere ao homem sem Deus como morto, vejamos alguns versículos: “estando vós mortos nos vossos delitos e pecados” (Ef 2:1). O ser humano está separado da fonte da vida, o próprio Deus (Sl 36:9), não sendo assim capaz de buscá-Lo ou servi-Lo (Rm 3:1-12) e está fadado à condenação (Rm 5:18).  Este é o sentido espiritual da morte, que, desde a queda aflige a humanidade, como resultado do pecado.

O Poder que Liberta da Morte e do Pecado

A relação entre o homem e a morte começou em Gn 3:3, onde podemos ler: “Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais”. Quando o homem desobedeceu essa orientação dada por Deus e, enganado por Satanás, tomou o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal que estava no centro do jardim, aconteceu a queda humana. Como resultado a morte entrou no homem e ele foi expulso do Jardim do Éden. Assim, o homem perdeu a comunhão e a presença de Deus (Gn 3:23-24). Essa única ofensa permitiu que o pecado entrasse na humanidade (Rm 5:12). Logo, vemos que pecado e morte estão interligados.

O pecado é uma natureza maligna que representa o próprio inimigo de Deus em nosso corpo físico nos influenciando através de nossos desejos e sentidos para que não façamos a vontade de Deus. Ele nos deixa em conflito constante e nos leva a fazer o que não queremos (7:19). O pecado nos faz sentir sem esperança, desventurados (v. 24). Dessa maneira, o homem vive vazio e condenado.

O Poder que Liberta da Morte

Há, porém, um poder que liberta o homem desse estado sem esperança. A Bíblia mostra que a Palavra de Deus é tal poder. João 8:32 diz “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. Essa palavra chega até nós ao ouvirmos o evangelho, o qual é apresentado por Paulo como o sendo o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê (Rm 1:16).

Ao ouvir e experimentar o poder do evangelho, ganhamos a vida de Deus em nosso interior. O meio para isso acontecer é simples: basta crer, reconhecer e confessar que Ele é Senhor. Primeiro, precisamos crer de todo coração que Jesus morreu pelos nossos pecados e Deus O ressuscitou. Segundo, precisamos reconhecer que Jesus é o Senhor em nossa vida (10:9-10).

A morte de Jesus se tornou nossa chance de viver. Ele Sofreu a morte que nos era destinada pelo juízo de Deus. Sua ida à cruz garantiu nossa oportunidade de viver para a eternidade. Jesus nos deu vida, estando nós mortos em nossos delitos e pecados (Efésios 2:1). Quando cremos no evangelho, somos perdoados, declarados justos diante de Deus e ressuscitados com Cristo. Somos assentados com Ele nos lugares celestiais, muito acima das prisões da morte, e podemos praticar as boas obras para as quais fomos criados. Agora não somos mais pessoas distantes de Deus, inativas quanto a fazer o bem, pelo contrário, podemos ir até Ele e servi-Lo, por meio da nova vida que recebemos (Rm 6:4-6).

Não é tremendo esse poder? O peso da condenação é removido e o homem é finalmente libertado para cumprir seu propósito, viver com Deus e servi-Lo. Ele não é mais alguém sem esperança, mas pode se alegrar na perspectiva da vida eterna com Deus, a qual já experimenta aqui. O quadro é de uma transferência espantosa: o homem é trazido da sepultura até os céus!

A maneira de receber o poder que nos liberta da morte é a fé. Ao crer, recebemos a salvação. E não para por aí. Toda vez que o desânimo, cansaço e as fraquezas pesarem sobre nós, podemos fazer uso desse tremendo poder que nem a morte pode segurar e viver a vida de ressurreição. Por isso, creia, confesse e aproveite essa oportunidade de receber a salvação, o amor de Deus, a libertação da morte e tudo mais que Ele tem para fazer de nós vencedores! Vá constantemente à Sua Palavra, lembre-se da obra que Deus realizou e seja renovado. A Palavra de Deus é  o verdadeiro alimento, que faz Sua vida crescer em nós.

O Poder que Liberta do Pecado

Contudo, mesmo sabendo que possuímos a vida eterna, nos deparamos com um conflito constante em nosso interior. O pecado ainda nos domina, como força que nos impede de viver uma vida de santidade com Deus.

Mas jovem, há esperança! Como já dissemos, a Palavra de Deus é o poder que liberta. Ao crer nela, recebemos não só a salvação, mas uma nova vida: o Espírito de Deus em nosso espírito, e isso nos faz filhos de Deus (Jo 1:12-13). Esse Espírito em nós é poderoso para fazer mais do que pedimos e pensamos (Ef 3:20).

Ao crer nessa palavra, essa velha vida, representada por um velho homem com pensamentos, atitudes e estilo de vida escravos do pecado, foi crucificada junto com Cristo! (Rm 6:6).

Jovem, não tenha vergonha de se arrepender, confessar os seus pecados. Deus é um pai amoroso e Jesus é o irmão mais velho que resolve nossos problemas. Se você se aproxima e reconhece sua fraqueza, Jesus age e concede justificação, perdão e libertação! Ele tem o poder para libertar do pecado e dos conflitos interiores. E mais: Deus vai além, concede novo propósito de vida e insere você na sua boa, agradável e perfeita vontade! (12:2).

Esperamos que você perceba a necessidade do contato constante com a Palavra de Deus. Ela é poderosa para salvar a nossa alma (Tg 1:21). Ela é espírito e vida (Jo 6:63). Nela é que somos santificados (Jo 17:17), e podemos ser libertos para viver a vida maravilhosa que Deus tem para nós.


No próximo texto, compartilharemos sobre o poder que liberta da acusação. Acompanhe-nos nesta série, diga-nos nos comentários o que você achou e divulgue-nos para que mais pessoas possam ter acesso ao conteúdo.


Leia também:

O Evangelho é o Poder de Deus que Muda Vidas para Melhor!

Não Me Envergonho do Evangelho: Por Que Paulo Disse Isso? (Romanos 1:16)

A espada de Deus para vencer as tentações

Série A Vida que Vence


Assista a mensagem que serviu de inspiração para esse texto.


Série O Poder que Liberta:
O Poder que Liberta da Morte e do Pecado | Série O Poder que Liberta (1)
O Poder que Liberta da Acusação | Série O Poder Que Liberta (2)
O Poder que Liberta do Mundo, da Apatia e da Insatisfação | Série O Poder que Liberta (3)
O Poder que Liberta do Coração Impenitente | Série O Poder que Liberta (4)